Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Falcao faz três e Atlético de Madri passa por cima do xará de Bilbao

Atacante colombiano foi o grande nome na goleada de sua equipe por 4 a 0 diante do Athletic, marcando três gols

Gazeta | - Atualizada às

EFE
Falcao Garcia marca de pênalti mais um gol na goleada do Atlético de Madri sobre o Bilbao

A fase vivida pelo colombiano Falcao García não poderia ser melhor. Após se tornar um dos principais centroavantes da Espanha em seu primeiro ano no país, o jogador mostrou que manteve a mesma forma durante as férias e comandou a vitória por 4 a 0 do Atlético de Madri sobre o Athletic Bilbao, nesta segunda-feira, no estádio Vicente Calderón. Autor dos três gols, o atleta levou a torcida ao êxtase e deixou o campo ovacionado pela torcida.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de seu adversário contar com o técnico ‘El Loco’ Bielsa, conhecido por seus fortes sistemas ofensivos, a ineficiência no meio-campo levou o Bilbao à ruína nesta partida. Sem trabalhar a bola com qualidade, o time foi dominado no início do confronto e sofreu o primeiro susto aos oito minutos, em cabeçada perigosa do brasileiro Miranda.

O pleno domínio exercido pelo time de Madri caracterizou o restante da partida e levou o clube ao primeiro gol. Falcao García recebeu aos 20 minutos e teve a tranquilidade necessária para fazer um golaço no Vicente Calderón. O colombiano iludiu a marcação do zagueiro San José e aplicou um belo drible de corpo para tirar o atleta do lance. Na sequência, o goleiro Iraizoz se lançou aos seus pés e viu um leve toque pelo alto terminar no fundo de suas redes.

Veja também: Miranda deixa a modéstia de lado e diz que seleção perde com sua ausência

Iraizoz continuou sofrendo com as investidas nos minutos que se seguiram. O brasileiro Filipe Luis assustou aos 23, enquanto Falcao desperdiçou chance clara de cabeça, aos 29. O centroavante, entretanto, não deixou passar quando teve nova oportunidade e anotou o seu segundo aos 42. Lançado no segundo pau, o atacante se atirou de qualquer jeito na bola e superou o arqueiro adversário mais uma vez.

A boa atuação no primeiro tempo embalou o torcedor do Atlético de Madri logo que o árbitro apitou o início da etapa complementar. Superior dentro das quatro linhas, a equipe continuou dominando seu adversário e chegou a mais um gol com Falcao. O centroavante tomou a bola após toque de mão dentro da área do Bilbao e converteu a cobrança de pênalti com facilidade, aos 13 minutos.

Leia também: Puyol fratura o rosto e vira dúvida no Barça antes de clássico contra o Real

Impossível em campo, Falcao voltou a ameaçar e Iraizoz se lançou na bola para evitar grande cabeçada do colombiano, aos 17. O camisa 1 ainda salvaria o Athletic Bilbao após três minutos. Mario Suárez cabeceou firme e obrigou o arqueiro a se esticar todo para desviar a bola para a sua trave direita.

Antes de deixar o gramado, o atacante sul-americano ainda teve a oportunidade de arrancar outro suspiro de seu torcedor. Aos 24 minutos, Falcao arrematou novamente em posição perigosa e obrigou a zaga a se esforçar para afastar o perigo. Com a missão cumprida, o jogador foi substituído quando o marcador apontava os 36 do segundo tempo e sentou no banco de reservas aos gritos do torcedor espanhol.

Veja ainda: Com Kaká encostado, Milan se reúne com o Real Madrid para tentar última cartada

Sem o seu grande ídolo em campo, a torcida voltou a empurrar o time e pôde comemorar por outro motivo antes do encerramento do confronto. O espaço vazio deixado por Falcao foi rapidamente completado por Tiago, que havia acabado de entrar em seu lugar. O português acertou uma pancada frontal ao gol de Iraizoz e anotou um belo gol para encerrar a goleada dos madrilenos no Vicente Calderón.

Valladolid supera o Levante

Mais cedo nesta segunda-feira, o Valladolid não teve problemas para vencer o Levante, dentro de casa, por 2 a 0. A equipe contou com duas penalidades convertidas por Perez para construir a vantagem e ainda foi beneficiada com a expulsão de Navarro, aos 37 minutos. 

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG