Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Ponte quer espantar a má fase em confronto direto com a Portuguesa

Equipe do técnico Gilson Kleina não vence há quatro jogos e corre o risco de se aproximar da zona de rebaixamento

Gazeta |

Sem vencer há quatro partidas, com o agravante de ter perdido as três últimas, a Ponte Preta quer fechar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro espantando a má fase. A apenas quatro pontos da zona de rebaixamento, na 14ª colocação, a Macaca enfrenta a Portuguesa às 21h (de Brasília) deste sábado, no Moisés Lucarelli, sabendo que uma vitória traz de volta a tranquilidade que a equipe teve na primeira metade da competição.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Gilson Kleina, técnico da Ponte preta, quer a reação da equipe no Brasileirão

Caso vença, o time alvinegro ganha ao menos uma posição - a da própria Portuguesa, 13ª colocada, com 22 pontos, dois acima da Ponte. A Macaca pode ainda ultrapassar o Santos, com os mesmo 22 pontos da Lusa, que visita o Palmeiras, primeiro time fora da zona do rebaixamento.

Leia mais: Com campanha aquém da desejada, Kleina cobra raça do time da Ponte

Uma derrota pontepretana, porém, pode aproximar ainda mais o time da zona do rebaixamento. Se estacionar nos 20 pontos, a Ponte pode ser ultrapassada por Coritiba, atualmente com 19 pontos. Além disso, o time campineiro pode ver, além do Palmeiras, Bahia ou Atlético Goianiense, dois primeiros times da zona da morte, encostarem na classificação. Com 16 e 15 pontos, respectivamente, as duas equipes fazem confronto direto no Pituaçu, neste domingo.

Sem contar com o atacante Roger, artilheiro da equipe no Brasileirão, com sete gols, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Gilson Kleina promoverá a estreia de Giancarlo no time titular da Macaca. Recém chegado do Bragantino, o centroavante comentou as expectativas para a importante partida.

Confira ainda:  Para evitar gol, atacante da Ponte admite ter usado braço para cometer pênalti

"Sabemos da nossa responsabilidade. Se cada um fizer o que está determinado o conjunto sai vitorioso. Nós que jogamos ali na frente temos o intuito de fazer os gols, nosso forte é a finalização e não podemos pecar", diz o camisa 77. "Sabemos que nos últimos jogos tivemos oportunidades e acabamos não fazendo, mas vou estar tranquilo e apto ali na frente para colocar a bola para dentro contra a Portugesa", completa.

Mesmo sem o entrosamento ideal com os outros dez titulares, Giancarlo garante que está à vontade na posição. "Apesar do pouco tempo de trabalho aqui na Ponte Preta eu já conhecia alguns jogadores, então você já sabe o pensamento de cada um e do professor Gilson Kleina. Espero aproveitar a oportunidade diante da Portuguesa para dar o meu melhor e poder sair vitorioso", conclui.

Confira a classificação do Brasileirão

Sem poder atuar por conta do terceiro cartão amarelo, o volante Boquita espera jogo duro no Moisés Lucarelli. No retrospecto pessoal, o jogador tem três partidas diante da Ponte: duas vitórias, conquistadas na Série B do ano passado, e uma derrota, no Paulistão deste ano. O único resultado desfavorável ocorreu justamente em Campinas.

"Ponte Preta e Portuguesa se tornaram rivais nos últimos anos. Por isso o jogo vai ser complicado. Mas nosso elenco está mais confiante e temos a possibilidade de conquistar a vitória", garante.

Com a ausência de Boquita, o técnico Geninho deve promover a volta do meia Héverton à equipe titular. O jogador vinha atuando com frequência entre os onze iniciais, mas perdeu a posição justamente para o volante, nas duas últimas partidas.

Já Gilson Kleina realizará três mudanças no time que entra em campo neste sábado. Optando pelo esquema 3-5-2 pela primeira vez neste Brasileirão, o treinador promove as entradas do zagueiro Ferron e do meia Marcinho, além da entrada natural de Giancarlo, substituindo o suspenso Roger. Deixam a equipe o volante Somália e o meia Luan.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X PORTUGUESA

Local : Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data : 25 de agosto de 2012 (sábado)
Horário : 21 h (horário de Brasília)
Árbitro : Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes : Carlos Augusto Nogueira Júnior e Rogério Pablos Zanardo(SP)

PONTE PRETA : Edson Bastos; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; Cicinho, Baraka, Ricardinho, Marcinho e Uendel; Rildo e Giancarlo
Técnico : Gilson Kleina

PORTUGUESA : Dida; Ivan, Gustavo, Valdomiro e Marcelo Cordeiro; Ferdinando, Léo Silva, Héverton e Moisés; Ananias e Bruno Mineiro
Técnico : Geninho

Leia tudo sobre: Ponte PretaPortuguesabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG