Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

ASA estraga estreia do técnico Pintado e aumenta crise do CRB

Lúcio Maranhão marcou o único gol do clássico alagoano. CRB perde seu quarto jogo consecutivo

Gazeta |

Divulgação
Lúcio Maranhão garantiu a vitória do ASA no clássico alagoano

A estreia do técnico Pintado era a esperança do CRB quebrar um jejum de quatro partidas sem vitória - ou três derrotas seguidas - na Série B do Campeonato Brasileiro . Mas a tática não deu certo. No clássico alagoano disputado na tarde deste sábado, o ASA demonstrou inteligência tática para vencer por 1 a 0 no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), gol de Lúcio Maranhão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Na classificação da competição, uma curiosidade: CRB e ASA ficam com os mesmos 21 pontos. Ambos permanecem na metade de baixo da classificação, portanto estão mais preocupados com o risco de rebaixamento.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO E OS PRÓXIMOS JOGOS DA SÉRIE B

As duas equipes voltam a campo na terça-feira, em uma rodada cheia da Série B do Campeonato Brasileiro. O CRB enfrenta o Bragantino fora de casa, a partir das 19h30 (de Brasília), enquanto o ASA recebe o São Caetano, às 21h50, na cidade de Arapiraca.

O Jogo
O CRB começou sufocando o adversário, principalmente em jogadas de bola parada. No primeiro momento de emoção da torcida da casa, a cobrança de Geovani obrigou a intervenção precisa do goleiro Gilson.

Aos poucos, o ASA passou a controlar a pressão do adversário e saiu para o jogo. Mas o equilíbrio em campo proporcionava chances apenas em jogadas de bola parada. Aos 25 minutos, os visitantes incomodaram na cobrança de Davi Ceará que não passou por Cristiano.

Em um jogo equilibrado, a bola parada foi decisiva para sair o gol. Aos 36 minutos, Gabriel cobrou falta da direita e encontrou Lúcio Maranhão na área para marcar o nono gol na Série B. A conclusão não deu chances para Cristiano.

Para a etapa complementar, Pintado mostrou coragem para evitar a derrota na estreia. Por isso, adotou um esquema mais ofensivo com a entrada do atacante Aloísio Chulapa (ex-Flamengo e São Paulo) no lugar do lateral direito Luiz Felipe. Pouco depois, Paulo Victor foi a novidade entre os donos da casa.

As alterações surtiram efeito. O CRB passou a pressionar o ASA. Especialista nas bolas aéreas, Aloísio ficou perto de alcançar o empate, mas parou em uma defesa portentosa de Gilson.

Preocupado, o técnico Nedo Xavier buscou aumentar a movimentação no ASA com a entrada de Valdívia no meio-campo. Ainda assim, o time visitante ficava recuado e priorizava os contra-ataques.

A última tentativa de Pintado veio com a entrada do atacante Ricardinho. No entanto, a atuação inspirada do goleiro Gílson acabou com as chances de empate do CRB, que sofreu a quarta derrota seguida na Série B do Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
CRB 0 X 1 ASA

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 25 de agosto de 2012 (sábado)
Horário: 16h20 (horário de Brasília)
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Assistentes: Otávio Correia de Araújo Neto (AL) e Carlos Jorge Titara da Rocha (AL)
Cartões amarelos: Luiz Felipe e Jadilson (CRB); Gabriel e Chiquinho Baiano (ASA)
Gols:
ASA: Lúcio Maranhão, aos 36 minutos do primeiro tempo.

CRB: Cristiano; Luiz Felipe (Aloísio Chulapa), Rogelio, Thiago Gomes e Jadílson; Gleidson, Diego Aragão, Roberto Lopes e Geovani (Ricardinho); Thiago Bezerra (Paulo Victor) e Wanderley.
Técnico: Pintado

ASA: Gilson; Fabiano, Audálio (Jorginho) e Edson Veneno; Gabriel, Cal, Lucas, Davi Ceará (Valdívia) e Chiquinho Baiano; Roberto Jacaré (Alexsandro) e Lúcio Maranhão
Técnico: Nedo Xavier.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirosérie basacbrrei pelémaceiógenet

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG