Tamanho do texto

Duas capitais enfrentam problemas com o andamento das obras e são as sedes que mais preocupam para a competição

Agência Estado

Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa
Reuters
Jérôme Valcke, secretário-geral da Fifa

O secretário-geral da FIFA, Jérôme Valcke, vem ao Brasil novamente na próxima terça-feira, para mais uma série de visitas para vistoriar as obras das cidades sede da Copa do Mundo de 2014 . Desta vez, os locais visitados serão Manaus e Cuiabá, duas das capitais que mais preocupam para a competição.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"As visitas são muito importantes, não só para conferir in loco o avanço nos estádios e na infraestrutura em geral, mas também para ter condições de debater nossa missão conjunta com os representantes das cidades sede e seus estados, já que são eles que proporcionarão o campo de jogo para as seleções e suas torcidas", declarou.

Leia também: Programa de voluntários da Copa de 2014 recebe 37 mil inscrições em um dia

Recentemente, o ministro das Cidades do governo federal, Aguinaldo Ribeiro, afirmou que tanto Manaus quanto Cuiabá, além de Brasília e Natal, enfrentavam problemas com o andamento das obras e estavam com o cronograma muito apertado.

Veja ainda:  Estádio do Corinthians ganha passeio virtual em 360º em site de construtora

Apesar disso, Valcke fez questão de amenizar a situação. De acordo com ele, parte desta visita, que será feita ao lado de Ronaldo, membro do Conselho de Administração do Comitê Organizador Local (COL), e de Luís Fernandes, secretário-executivo do Ministério do Esporte, servirá para conhecer ainda mais as "diversidades do país".

"Desta vez, nossa viagem nos levará a dois lugares muito especiais no Brasil: à Amazônia e à porta de entrada para o Pantanal, dois exemplos perfeitos da bela diversidade do país", comentou.