Diretor adjunto de futebol, no entanto, não vê clube como responsável pela saída de Sérgio Correira do comando da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF

Emerson Augusto de Carvalho: auxiliar errou em um gol do Santos contra o Corinthians no domingo
Gazeta Press
Emerson Augusto de Carvalho: auxiliar errou em um gol do Santos contra o Corinthians no domingo

A mudança no comando da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) aconteceu justamente na semana em que o Corinthians virou o pivô de uma polêmica sobre o assunto. O diretor adjunto de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves, não vê o Corinthians como o responsável pela saída de Sérgio Corrêa, mas aprovou as mudanças no setor.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Não acho que tenha sido especificamente pelo que aconteceu com o Corinthians", declarou o dirigente. "Quando assumiu, o Marin disse que deveria ter mudanças (na CBF). Como a intenção é melhorar a situação, só podemos ver com bons olhos e esperar um bom trabalho, com planejamento, para evitar esse número grande de erros", afirmou o dirigente.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

No clássico contra o Santos, no domingo , o assistente Emerson Augusto de Carvalho deixou de assinalar impedimento no segundo gol do Santos, sendo que Bruno Rodrigo, Durval e André estavam em posição irregular e participaram da jogada. Na quarta-feira, o presidente da Confederação Brasileira de Futebol, José Maria Marin, anunciou a saída de Sérgio Corrêa do comando da Comissão de Arbitragem, anunciando Aristeu Leonardo Tavares como novo presidente da área.

Leia também:  Dirigentes da Fifa já conversam com o Corinthians sobre Mundial

Enquanto isso, os jogadores do Corinthians torcem por uma partida sem polêmicas no domingo, contra o São Paulo, no Pacaembu. O confronto será da responsabilidade de Wilson Luiz Seneme, que foi elogiado pelos atletas.

Relembre a história do Brasileirão, de 1971 a 2011, no infográfico do iG

"É um árbitro respeitado em São Paulo e no Brasil, vai ser bom para o clássico", avaliou o goleiro Cássio. Já o meia Danilo prefere não pensar no assunto. "Temos de focar no São Paulo e no grande jogo, deixando a arbitragem para lá. Precisamos olhar o lado deles também, porque podem errar ao nosso favor e contra", concluiu.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.