"Fico muito contente pela lembrança do Mano", disse o volante após saber de sua primeira convocação para o Brasil

O volante Arouca foi uma das principais novidades do técnico Mano Menezes na convocação da seleção brasileira para os amistosos contra África do Sul, no dia 7 de setembro, no Morumbi, e China, dia 10, no Arruda. O jogador do Santos , que havia sido chamado várias vezes para as categorias de base da seleção, irá vestir pela primeira vez a camisa canarinho no time principal.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Arouca comemora sua primeira convocação para a seleção brasileira
Divulgação
Arouca comemora sua primeira convocação para a seleção brasileira

Por isso, Arouca vibrou bastante com a primeira chance de defender o Brasil como profissional. "Fico muito contente pela lembrança do Mano e por ter sido chamado para defender a seleção. Desde garoto, construí uma relação muito forte com essa camisa amarelinha e tive a felicidade de ser campeão do Mundial sub-17, em 2003. Joguei em todas as categorias de base e era um sonho continuar esse ciclo também no time principal", contou.

Leia mais:  Mano explica convocação tardia de Arouca: “Antes, era impossível”

Desde que se transferiu para o Santo s, em 2010, o meio-campista esperava por uma oportunidade na seleção. Por várias vezes, Arouca revelou que tinha o sonho de atuar pelo Brasil e que seria paciente para aguardar uma chance de Mano Menezes.

A oportunidade chegou e o volante quer aproveitar para provar ao treinador que pode jogar pela seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014, que será realizada em território nacional. "Agora que fui chamado, farei de tudo para agarrar essa oportunidade, mostrar serviço e ser convocado também para os próximos jogos. Estamos próximos à Copa do Mundo, que será disputada no nosso país, e não quero ficar de fora", destacou.

Confira ainda:  Ganso se esquiva, mas afirma: “Seria um prazer jogar no São Paulo"

Mesmo estreando na seleção, Arouca crê que não terá problemas para se adaptar ao grupo. Isto porque, além do atacante Neymar, seu companheiro no Alvinegro Praiano, o jogador já atuou com Thiago Silva e Marcelo no Fluminense, Oscar, no São Paulo, e o goleiro Diego Alves, na Seleção sub-20. O lateral Alex Sandro, do Porto (Portugal), ex-Santos, é outro antigo companheiro do atleta.

"Conheço quase todos os convocados. Já joguei com boa parte deles e os outros por já ter jogado contra. Isso, com certeza, irá fazer com que eu me sinta em casa, além de ajudar também no entrosamento dentro de campo. Além de bons amigos, encontrarei jogadores de muita qualidade no grupo e, pelo que sempre soube, um ótimo ambiente", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.