Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Oswaldo vê evolução de Seedorf após adaptação do próprio Botafogo

Jogador marcou um dos gols para cima do Palmeiras na noite de quarta-feira no Engenhão

Gazeta |

Futura Press
Seedorf comemora o gol do Botafogo no Engenhão diante do Palmeiras

O gol marcado pelo holandês Seedorf na vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras , na última quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, e a participação do holandês durante os 90 minutos de jogo chamou a atenção do técnico Oswaldo de Oliveira. Ao constatar que o seu planejamento para o jogador vem surtindo efeitos nesta temporada, o treinador comemorou a evolução apresentada pelo atleta e a atribuiu à adaptação do próprio Botafogo ao seu futebol.

Seedorf já está bem entrosado ao Botafogo? Deixe seu recado

Antes de dar uma vasta sequência de jogos ao holandês, Oswaldo não se cansou de dizer que o astro de sua equipe passava por uma pré-temporada e que seria preciso muita paciência até que suas atuações correspondessem às expectativas da torcida. Com a permanência do jogador entre os titulares e o entrosamento adquirido com os demais atletas, Seedorf pôde balançar as redes em outras duas ocasiões no Brasileiro e ganhou novos elogios dos torcedores e do seu próprio comandante.

Leia mais:  Mesmo eliminado, Botafogo sai de campo satisfeito com aplausos

"Ele está se adaptando ao Botafogo e nós estamos nos adaptando a ele, porque é flagrante que nós mudamos a nossa forma de jogar com ele na equipe. Essa era a expectativa que vem se confirmando. A cada jogo ele tem melhorado e comprovamos isso nas partidas contra o Atlético-GO, Portuguesa e Atlético-MG. Ele vem evoluindo bastante e a equipe também está aprendendo a lidar com ele", avaliou Oswaldo.

Além de Botafogo e Palmeiras, Santos entrou em campo na quarta-feira. Veja as fotos da rodada


Apesar de Seedorf ter anotado mais um gol na última quarta-feira, o Botafogo acabou eliminado da Copa Sul-americana. A vitória por 3 a 1 sobre o Palmeiras não foi suficiente para reverter o placar de 2 a 0 do primeiro jogo e sacramentou a saída precoce da equipe alvinegra desta competição internacional. O revés, contudo, não se tornou uma calamidade para o treinador, uma vez que sua principal meta é manter a motivação do elenco para a disputa das primeiras posições do Campeonato Brasileiro.

Leia também:  Botafogo sufoca no fim, vence o Palmeiras, mas paulistas vão às oitavas

"Nós temos entrado muito bem em todas as partidas. Jogamos bem hoje e a última contra o Atlético-MG. Não conseguimos o resultado que esperávamos nestas duas partidas, mas a equipe tem se portado bem e se mostrado motivada. Isso não me preocupa nesta altura da competição. O time teve um desempenho satisfatório e se empenho e lutou até o final. Nós superamos o pessimismo que o gol deles poderia nos trazer e tivemos uma avaliação muito positiva deste jogo", concluiu o técnico.

Com apenas uma competição para se preocupar, Oswaldo de Oliveira voltará a preparar os seus atletas para o clássico do próximo domingo, contra o Flamengo, no Engenhão. A partida será a última de sua equipe no primeiro turno do Nacional e exigirá do treinador uma nova mudança tática na equipe. Com as lesões de Antônio Carlos e Rafael Marques, o esquema com cinco meias e apenas um atacante deverá ser utilizado novamente para que o time segure as investidas rubro-negras e possa tocar a bola com qualidade até a área adversária.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e convide seus amigos

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG