Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Mano elogia Cássio e admite ainda não ter “unanimidade” no gol do Brasil

Técnico da seleção brasileira chamou o goleiro corintiano pela primeira vez, mas disse que ainda não tem um nome definido para o gol do Brasil

iG Rio de Janeiro |

Gazeta Press
Mano Menezes elogiou o goleiro Cássio e admitiu que ainda não tem nomes definidos para o gol do Brasil

O técnico Mano Menezes surpreendeu nesta quinta e convocou o goleiro Cássio, do Corinthians  para a seleção brasileira. Além da nova aposta, Mano voltou a chamar Diego Alves, do Valencia, e Jefferson, do Botafogo, para os amistosos contra África do Sul e China, em setembro. Porém, Mano admitiu que ainda não tem uma unanimidade para o gol do Brasil.

Você gostou da convocação de Mano Menezes? Opine!

"Na verdade, não temos uma unanimidade", confessou Mano, tentando não se abater com os problemas para escolher um goleiro titular para a sua equipe. "Temos ótimos jogadores da posição. Tenho certeza de que eles irão estar preparados para a Copa", acrescentou o comandante.

Leia mais:  Mano surpreende e convoca Arouca e Cássio para amistosos da seleção

Mano fez questão de elogiar a sua surpresa para o gol, Cássio. "Trabalhei com ele no Grêmio. Ele foi para a Holanda depois, ficou um pouco distante e teve um ótimo retorno ao Corinthians. Está entre os nomes que eu gostaria de ter na Seleção", afirmou, sem deixar de citar os outros convocados. "Tenho plena confiança no Jefferson e no Diego."Cássio, Diego Alves e Jefferson não disputaram os Jogos Olímpicos de Londres, que deixaram Mano Menezes com o emprego ameaçado após a derrota para o México na final. A Seleção Brasileira sofreu com falhas de Neto, da Fiorentina, e Gabriel, do Milan, ao longo do torneio. Rafael, do Santos, acabou cortado em virtude de lesão no cotovelo direito.

Confira ainda:  Marin elogia lista de Mano, reitera apoio e evita polêmicas com Romário

Apesar de o goleiro santista já estar recuperado, ele não terá a oportunidade de enfrentar África do Sul e China. "Tivemos uma passagem curta do Rafael, mas provavelmente voltaremos a contar com ele em breve", prometeu Mano Menezes.

Reuters
Cássio foi um dos nomes do Corinthians na conquista da Libertadores

Leia tudo sobre: Mano MenezesSeleção BrasileiraCássio

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG