"Não gostaria de fazer nenhum tipo de comentário", disse o técnico da seleção brasileira nesta quinta após a convocação do Brasil

Mano Menezes preferiu não comentar as ofensas de Romário
Gazeta Press
Mano Menezes preferiu não comentar as ofensas de Romário

Chamado de "idiota" e "imbecil" pelo ex-jogador Romário, Mano Menezes evitou criar ainda mais polêmica com o deputado federal durante o anúncio da convocação da seleção brasileira para os amistosos contra África do Sul e China.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O técnico preferiu desconversar, nesta quinta-feira, sobre a briga travada após a derrota para o México na final dos Jogos Olímpicos de Londres.

Leia mais:  Romário xinga Mano e cria campanha no Twitter por demissão

"A base do relacionamento que tenho com a imprensa durante esse tempo, independentemente do resultado, está no respeito mútuo. Quando ele não existe, não acho que devamos considerar algo de positivo para a seleção. Então, não gostaria de fazer nenhum tipo de comentário", esquivou-se Mano.Irritado com as críticas que recebeu do comentarista Romário nas transmissões das Olimpíadas pela TV Record , o técnico não havia conseguido se conter em entrevista publicada pelo jornal Marca Brasil nesta semana. Chamou o ex-atacante de "aproveitador", em busca de "espaço na mídia".

Romário não deixou Mano Menezes sem resposta. Através de seus perfis no Twitter e no Facebook, o parlamentar contestou as convocações que teriam sido feitas "por interesses dúbios" e pediu a demissão do técnico à CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.