Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Torcida organizada do Vasco é suspensa por morte de flamenguista

Facção foi responsabilizada pela morte de torcedor do Flamengo em maio, quando Vasco e Botafogo se cruzaram na final da Taça Rio

iG Rio de Janeiro * |

Por decisão do Ministério Público, a torcida organizada Força Jovem do Vasco não poderá comparecer aos estádios pelo período de seis meses. A facção foi responsabilizada pela morte do torcedor do Flamengo Bruno Saturnino, em maio, quando Vasco e Botafogo se enfrentaram na decisão da Taça Rio do Campeonato Estadual.

Leia também: Polícia prende suspeitos de matar torcedor vascaíno antes de clássico

De acordo com a medida, os símbolos da torcida não podem estar presentes nos estádios a partir do dia 27 de agosto, segunda-feira, quando a suspensão entra em vigor. O promotor Pedro Rubim, que está à frente do caso, lamenta que a efetividade da punição ainda não seja a ideal.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Segundo Rubim, o Ministério do Esporte ainda não cumpriu com sua parte, principalmente no que se refere ao cadastramento de cada torcedor de organizadas.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Vítima de agressões por parte de um grupo de torcedores do Vasco, Bruno Saturnino morreu em decorrência de um traumatismo craniano. O ataque aconteceu pouco depois do clássico entre Vasco e Botafogo, pela final da Taça Rio, vencida pelos botafoguenses. Um grupo de cerca de 20 vascaínos reconheceu Bruno em um ônibus como integrante de uma torcida organizada do Flamengo. As imagens do sistema de vigilância do coletivo registraram as agressões.

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: FlamengoVascoBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG