Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Lucas se anima por possibilidade de "presentear" São Paulo com Ganso

Santos recusou oferta oficial revelada na terça, mas o clube do Morumbi não deve desistir

Gazeta |

A venda de Lucas para o Paris Saint-Germain vai render ao São Paulo cerca de R$ 81 milhões, dos quais uma boa parte deverá ser utilizada caso o clube entre em acordo com o Santos pela contratação de Paulo Henrique Ganso . Na torcida para que o negócio dê certo, o camisa 7 fica feliz por ajudar indiretamente.

E MAIS:  Ney Franco mantém otimismo sobre contratação de Ganso

Vipcomm
Lucas está de saída do São Paulo

"Querendo ou não, é um presente que deixo para o São Paulo", disse o meia-atacante, que se apresentará ao clube francês somente em janeiro de 2013 e completou o raciocínio com ressalva importante, lembrando que ainda não foi campeão pelo time tricolor. "Mas quero deixar título, porque dinheiro nenhum paga (o valor de) um título".

VEJA TAMBÉM: Santos desaprova valores e recusa proposta do São Paulo por Ganso

Restam duas competições a serem disputadas até o final do ano: o Campeonato Brasileiro, em que o São Paulo faz campanha intermediária e está fora do grupo de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores, e a Copa Sul-americana na qual acaba de passar às oitavas de final com a vitória de terça-feira sobre o Bahia.

CONFIRA:  "Posso comemorar meu aniversário em paz", diz Lucas após vitória

Quanto a Ganso, o primeiro movimento são-paulino foi freado. O Santos recusou oferta oficial revelada na terça-feira, mas o São Paulo não deve desistir. A intenção é adquirir 100% dos direitos econômicos do jogador, que não pertencem exclusivamente ao clube da Vila Belmiro. A maior parte (55%), a propósito, é de propriedade do grupo DIS.

Alheio à parte formal da negociação, Lucas diz que vai tentar mostrar ao colega de Seleção Brasileira os benefícios de defender a equipe tricolor. Caso a compra ocorra, ambos atuarão juntos até o fim da temporada, antes de o camisa 7 se mudar em definitivo para Paris. Até lá, ele promete se dedicar ao máximo.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

"É claro que (por estar negociado) minha responsabilidade aumenta. Mas sempre que entrei em campo e sempre que entrar em campo, negociado ou não, vou dar meu melhor. Não é porque fui negociado que vou tirar o pé", destacou o atleta de 20 anos recém-completados.

O elenco se reapresenta no CT da Barra Funda, na tarde desta quarta-feira, quando começa a se preparar para o jogo de domingo, contra o Corinthians, no Pacaembu.

Leia tudo sobre: são pauloLucasSantosPaulo Henrique GansoMercado da bola

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG