Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Cássio elogia precisão de Ceni e quer evitar faltas perto da área

Goleiro do Corinthians promete atenção máxima no possível duelo com o camisa 1 do São Paulo e descarta virar cobrador de faltas no futuro

iG São Paulo * |

Em duelo válido pela primeira fase do Paulista de 2011, Rogério Ceni marcou seu centésimo gol da carreira na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians . Na época, o goleiro corintiano era Júlio César. No clássico deste domingo, pela última rodada do primeiro turno do Brasileirão, Cássio, que assumiu a vaga de titular durante a disputa da Libertadores, espera evitar entrar para as estatísticas do rival e promete exibir o máximo de atenção.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Gazeta Press
Cássio: goleiro do Corinthians exalta precisão de Rogério Ceni

"A qualidade dele é indiscutível em faltas e pênaltis, é um grande cobrador, um dos melhores do Brasil", disse Cássio. "Preciso estar atento e preparado, montando bem a barreira também e ficando posicionado da melhor forma", completou.

Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Cássio explicou que orienta os zagueiros a evitar infrações perto da área. Porém, sabe que algumas jogadas mais fortes são necessárias para impedir os avanços dos rivais. "É sempre importante ter atenção e calma nos lances, pois há momentos que podem causar faltas. Vamos ter cuidado também em relação sobre onde fazer falta. Mas sei que há horas inevitáveis e, se acontecer, tenho de estar preparado para não tomar o gol", comentou o goleiro corintiano.

Relembre a história do Brasileirão, de 1971 a 2011, no infográfico do iG

Conhecido por chutar com força, mas sem tanta direção, Cássio ainda riu ao ouvir a pergunta sobre a possibilidade de virar também um cobrador de bolas paradas.

E mais:  Paulo André prega atenção, mas não teme São Paulo

"É melhor deixar para o pessoal. Meu negócio é tentar ligar o ataque (com os chutes). Se fosse bater também, iria muito mal, teria de treinar bastante. De repente, teria um chute forte, mas prefiro me preocupar em não tomar gols mesmo", declarou.

Entre para a torcida virtual do Corinthians

*Com Gazeta

Leia tudo sobre: corinthianscássiobrasileirosão paulorogério cenige.net

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG