Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Recuperado, Pepe deve desfalcar Real contra o Barça

Zagueiro se chocou com goleiro Casillas na estreia do time no Campeonato Espanhol e não participa do primeiro jogo da Supercopa

Agência Estado |

Agência Estado

Getty Images
Pepe, zagueiro do Real Madrid

Após levar um susto no domingo, o zagueiro Pepe deve desfalcar o Real Madrid na decisão do título da Supercopa da Espanha, diante do rival Barcelona , nesta quinta-feira. O brasileiro, naturalizado português, só estará de volta ao time no segundo jogo da final, no Santiago Bernabéu, na próxima semana.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Pepe não participou da atividade regenerativa no gramado no CT madrilenho, nesta terça-feira, no primeiro treino do Real Madrid nesta semana. O técnico José Mourinho deu início à preparação para equipe para o primeiro clássico da temporada, no Camp Nou, no duelo que reúne o campeão espanhol e o vencedor da Copa do Rei - o arquirrival da Catalunha.

O zagueiro não foi a campo, apesar de estar recuperado de um susto no domingo, na estreia do time no Campeonato Espanhol. Pepe sofreu um forte choque com o goleiro Casillas durante o empate por 1 a 1 com o Valencia e preocupou os médicos do clube. Logo após o incidente, o defensor sentiu tonturas e teve dificuldade para ficar em pé.

Leia também: Sem espaço no Real, Kaká pode ser emprestado ao Man. United, diz jornal

Pepe, então, foi encaminhado a um hospital, onde passou a noite até ser liberado na segunda-feira. Exames descartaram qualquer lesão cerebral. Satisfeito por ter recebido alta, o zagueiro agradeceu a atenção dos médicos e o apoio dos torcedores.

"Quero agradecer às numerosas demonstrações de apoio que tenho recebido nos últimos dias", disse o jogador, que evitou dar um prazo para seu retorno. "Dentro de pouco tempo estarei de volta em perfeita forma para seguir lutando por nossa camisa e nosso clube".

E mais:  Com gol relâmpago, Sampdoria vence Barcelona em jogo comemorativo

"Neste sentido, está sendo muito importante o apoio recebido de todos os meus companheiros de vestiário, comissão técnica, dirigentes e funcionários do clube. Quero agradecer também aos médicos de nossa equipe", declarou Pepe.

Leia tudo sobre: Futebol MundialEspanhaPepeReal MadridBarcelona

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG