Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Em dois anos, Valdivia participa de 48% das partidas e 15% dos gols

Jogador foi decisivo na Copa do Brasil, mas sofre com lesões, cartões e desfalca o Palmeiras com convocações para seleção do Chile

Gazeta |

Gazeta Press
Valdivia voltou ao Palmeiras na semana passada, mas sentiu dores e é novamente dúvida

Valdivia completa dois anos de sua segunda passagem pelo Palmeiras nesta quarta-feira como dúvida. Com incômodo na coxa esquerda, ele não está confirmado para a partida contra o Botafogo , pela Copa Sul-americana, no Rio de Janeiro. E essa já virou uma rotina para o jogador, que nem sempre entrou em campo pelo time paulista. 

Valdivia ainda é decisivo no Palmeiras? Deixe seu recado

O chileno estreou contra o Guarani, em um empate sem gols, no dia 22 de agosto de 2010. Desde aquela partida em Campinas, o clube, que repatriou o ídolo do futebol árabe em transação que deve lhe custar R$ 36 milhões até o fim de 2015, entrou em campo 149 vezes, e só em 72 delas pôde usar o meia. Neste período, o time marcou 210 gols, apenas 31 com participação de seu camisa 10.

Leia também:  Valdivia diz que só Felipão pode vetá-lo: "Não gosto de ser poupado"

As porcentagens de atuação do jogador são baixas. Atrapalhado por lesões, cartões ou convocações para a seleção chilena, ele esteve em apenas 48,3% das partidas do Palmeiras. Dos 210 gols, teve participação em somente 14,7% - incluindo neste números os critérios de gols marcados, assistências e até participação indireta, como sofrer pênalti ou falta ou iniciar a jogada de um gol.

Relembre a história do Brasileirão, de 1971 a 2011, no infográfico do iG

Restringindo a análise somente para as 72 partidas do meio-campista no clube nos últimos dois anos, seu poder de decisão aumenta, mas não tanto. Nestes compromissos, a equipe marcou 99 gols, 31 deles com alguma participação do astro - o percentual de participação do jogador nas redes balanças pela equipe, neste quesito, é de 31,3%.

Veja a ficha técnica de Valdivia no iG Esporte

Na comparação à sua primeira passagem pelo Palmeiras , quando se tornou ídolo da torcida, Valdivia também sai perdendo. O atleta também ficou dois anos no clube, mas, se entre 2010 e 2012 ele atuou em 72 partidas, com nove gols marcados, entre 2006 e 2008 foram 93 jogos e 24 gols.

Palmeiras ocupa a 16º colocação no Brasileirão. Veja tabela completa

Os números, contudo, escondem um aspecto fundamental que o meia teve na Copa do Brasil deste ano. Mesmo menos frequente do que se esperava, o jogador superou o trauma de um sequestro relâmpago e marcou o gol do empate com o Grêmio na Arena Barueri, na semifinal do torneio nacional, e converteu pênalti no primeiro jogo da decisão, vencido por 2 a 0 pelo Palmeiras diante do Coritiba em Barueri - nesta partida, porém, ele foi expulso e se tornou desfalque no duelo no Paraná, no qual a taça foi garantida.

Neste total de 165 partidas, com 33 gols marcados pelo Palmeiras, Valdivia , que desde 2010 tem se destacado bastante com mudanças de corte de cabelo e um inesperado bigode nas fases decisivas da Copa do Brasil, conquistou, além da Copa do Brasil deste ano, o Campeonato Paulista de 2008 - há quatro anos, trocou o clube pelo Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, e, desde o ano passado, foi cobiçado por outras equipes árabes e times brasileiros como Atlético-MG e Flamengo.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras e convide seus amigos:

Leia tudo sobre: valdiviapalmeirasbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG