Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Thiago Silva receberá menos da Nike por trocar o Milan pelo Paris Saint-Germain

Empresa põe PSG numa categoria abaixo da do Milan e por isso diminuiu valor de patrocínio

Pedro Carvalho e Bruno Winckler, iG São Paulo |

Reprodução
Parte do contrato entre Thiago Silva e PSG em que o clube se compromete a pagar a diferença do que recebe da Nike por ter trocado o Milan pelo PSG

Trocar o heptacampeão europeu Milan pelo emergente Paris Saint-Germain diminuiu o valor de patrocínio que o zagueiro  Thiago Silva recebe da Nike

A empresa trata o time de Milão como um clube "categoria 1". O PSG está um nível abaixo. Por isso, por ter sido "rebaixado", Thiago deixará de receber € 200 mil (R$ 498 mil) da Nike, sua principal patrocinadora pessoal. É o que mostra o contrato entre Thiago e o PSG a que o iG teve acesso (veja a reprodução ao lado) .

Leia ainda:  Thiago Silva conhece companheiros do PSG, mas só joga dia 26

Mesmo o PSG tendo seu material esportivo cedido pela gigante norte-americana, o Milan (patrocinado pela Adidas) tem uma maior visibilidade e, sob o ponto de vista da Nike, seu patrocinado terá menos evidência jogando em Paris do que em Milão.

Para sorte de Thiago Silva, o Paris Saint-Germain se comprometeu a arcar com o pequeno prejuízo do zagueiro por ter deixado um clube "categoria 1" para jogar no mais novo playground de um milionário árabe .

Procurada pela reportagem, a Nike se negou a comentar o assunto alegando que não entra em detalhes sobre os contratos da empresa com seus patrocinados. Thiago estreia pelo PSG neste domingo, contra o Bordeaux .

Reprodução
Detalhe de uma das páginas do contrato de Thiago Silva com o PSG redigido em inglês

No contrato a que o iG acesso, há outros detalhes curiosos do vínculo entre o principal zagueiro da seleção brasileira e o mais rico clube da França. Thiago Silva precisará seguir algumas "regras éticas" que se cumpridas garantirão € 41,1 mil (R$ 102 mil) extras todo mês. 

Reprodução/Site oficial do PSG
Thiago Silva conheceu o novo clube na última quinta

Veja as obrigações "éticas" de Thiago Silva com o PSG:

1) Não fazer nenhum comentário negativo em público sobre seu clube, seus funcionários e torcedores.
2) Não demonstrar discordâncias públicas com ordens táticas recebidas.
3) Não fazer nenhuma manifestação ou propaganda religiosa que possa prejudicar a imagem do clube.
4) Ser cortês, mostrar simpatia e ser acessível aos fãs do clube.
5) Ter comportamento exemplar, especialmente no campo de jogo, com colegas de equipe, adversários, árbitros e com qualquer pessoa com quem trabalhar fora de campo.
6) Obediência ao calendário da Fifa durante as datas em que estiver à serviço da seleção brasileira.
7) Não participar, em hipótese nenhuma, de apostas ou jogos de azar ligados direta ou indiretamente às competições em que o clube estiver participando. 

Reprodução
Contrato entre PSG e Thiago Silva registrado na Federação Francesa.

Com um salário declarado em contrato de € 780 mil (R$ 1,94 milhão), Thiago Silva ainda poderá faturar muito em caso de títulos conquistados para o PSG (o que é normal em todos os grandes contratos no futebol). Caso o PSG seja campeão francês, o jogador ganhará sozinho € 257 mil (R$ 638 mil). A classificação para a fase de grupos da Copa dos Campeões vale € 193 mil (R$ 479 mil). O título da Copa da França pode render € 161 mil (R$ 460 mil) e o troféu da Copa dos Campeões outros € 650 mil (R$ 1,6 milhão) (todos os valores já excluem os impostos).

Também estão garantidas em contrato oito passagens de ida e volta por temporada para o jogador e sua família de Paris para o Rio de Janeiro. O jogador ainda está obrigado a respeitar todos os pedidos de entrevistas que receber da TV Al Jazeera, controladora de todos os meios de comunicação do clube (TV, site e jornal). A Al Jazeera é principal emissora do Catar, país do QIA (Qatar Investment Authority - Autoridade de investimentos do Catar), grupo que controla o PSG.

O contrato entre PSG e Thiago Silva é válido até 30 de junho de 2016 e será renovado automaticamente por mais um ano se ao fim da temporada 2015/2016 o PSG estiver classificado para a fase de grupos da Copa dos Campeões. Aos 27 anos, Thiago Silva foi comprado ao Milan por 62 milhões de euros (ceca de R$ 154 milhões) numa transação que também envolveu a ida de Zlatan Ibrahimovic para o quadro francês.

Veja fotos de Thiago Silva nos seus primeiros dias de trabalho no Paris Saint-Germain

Leia tudo sobre: psgthiago silvaparis saint-germainfrançanike

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG