Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Scolari pede dois reforços, mas entende dinheiro guardado para 2013

Palmeiras só contratou Obina e Correa e ainda sofre com dez jogadores machucados no elenco e está entre os últimos colocados no Brasileirão

Gazeta |

Gazeta Press
Felipão tem que lidar com lesões e falta de reforços no Palmeiras

Há mais de um mês, quando conquistou a Copa do Brasil, Luiz Felipe Scolari pediu quatro reforços para evitar problemas no Brasileiro. Desde então, só vieram Obina e Correa e o time briga contra o rebaixamento. Mas o técnico tenta entender. Embora não tenha mudado publicamente sua ideia de deixar o Palmeiras em dezembro, o técnico crê que os maiores gastos devem acontecer para a disputa da Libertadores em 2013.

Palmeiras vai se recuperar neste Brasileirão? Deixe seu recado

"Não adianta contratar e gastar o que não tem que gastar. O Palmeiras tem que se preocupar com este final de campeonato, mas também com o ano que vem. Minha função é deixar o clube em uma função melhor", apontou o treinador, que só ganhou Correa na semana passada porque o volante estava sem clube e a diretoria entendeu a necessidade na posição com Marcos Assunção machucado.

Leia mais:  Correa é regularizado e já pode reestrear pelo Palmeiras

Em suas entrevistas, o comandante, que já havia pedido "camarões" para este ano cita como argumento para a falta de contratações o fato de não poder mais trazer atletas que estão fora do País ou que já fizeram mais de seis jogos por seus clubes na Série A do Brasileiro. "Como vamos trazer alguém que já tem sete jogos ou por quem o mercado faz valores estratosféricos?", disse, voltando a citar as dificuldades financeiras.

Relembre a história do Brasileirão, de 1971 a 2011, no infográfico do iG

O ideal, entretanto, era se reforçar até mais do que o apontado por Felipão depois do título da Copa do Brasil. Atualmente, são dez jogadores machucados no elenco, um número acima do que a comissão técnica previa mesmo depois da conquista nacional no "limite" físico e técnico.

Leia também:  Felipão lembra que é o único campeão em 2012 e espera volta de lesionados

"Quando terminou a Copa do Brasil, pedi à direção que contratasse quatro jogadores para fazer frente no campeonato. E tínhamos ideia de algumas lesões, mas não tantas. Estão fora titulares e opções que sempre entram", afirmou.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras e convide seus amigos:

Leia tudo sobre: felipãopalmeirasbrasileirão 2012mercado da bola

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG