João Vitor foi afastado de jogo no meio de semana, mas jogou na derrota para o Atlético-GO

João Vítor bebeu antes de treino do Palmeiras
Francisco De Laurentiis
João Vítor bebeu antes de treino do Palmeiras

Escalado como titular do Palmeiras neste domingo, João Vitor fez cruzamento perfeito para Barcos no único gol da derrota para o Atlético-GO . O volante, porém, não foi nem relacionado para enfrentar o Flamengo na quarta-feira e recebeu multa de 20% do salário por uma situação em que ele viu exagero. O meio-campista avisa que não chegou embriagado ao treino de segunda-feira - apenas consumiu bebida alcoólica no domingo.

Leia também: Atlético-GO vence Palmeiras em jogo de "seis pontos" em Goiânia

"A verdade é que realmente cheguei com hálito de cachaça, mas não estava embriagado", defendeu-se João Vitor neste domingo, em palavras similares à do vice-presidente de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, que disse na terça-feira que o jogador não estava "tão embriagado".

A reclamação do camisa 17 não é em relação à diretoria, que chegou a usar discursos diferentes só para negar o fato. Mas o próprio jogador assumiu que teve problemas ao chegar no treinamento da tarde de segunda-feira - certamente por ter consumido bebida alcoólica na véspera, quando o time perdeu do Fluminense no Rio de Janeiro.

Mas o volante não quer ter a imagem de alguém que se reapresenta embrigado. "Sou homem para admitir meus erros. Sou bastante homem, assumo meu erros, mas dizer que estou embriagado é um absurdo", continuou.

Embriagado ou não, João Vitor, que já vinha sendo reserva, pagou multa de 20% de seus salário, punição definida em reunião com todo o elenco na terça-feira, não ficou nem concentrado para enfrentar o Flamengo.

O jogador só foi titular neste domingo porque Henrique estava suspenso e Marcos Assunção, Márcio Araújo, Fernandinho e Wesley foram vetados pelo departamento médico - as únicas opções no elenco como volante foram João Vitor, Correa, que chegou ao clube na quinta-feira, e João Denoni, de 18 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.