Com selecionáveis Neymar e Paulinho, rivais buscam nova vitória para engrenar no torneio

Paulinho e Neymar estiveram com a seleção na última quarta-feira e se reencontram na Vila
Gazeta Press
Paulinho e Neymar estiveram com a seleção na última quarta-feira e se reencontram na Vila

Santos e Corinthians  reviverão neste domingo pelo Campeonato Brasileiro um dos capítulos recentes mais importantes desta rivalidade. Há dois meses, nas semifinais da Copa Libertadores da América , os dois adversários históricos protagonizaram dois duelos de muito equilíbrio que acabou com a classificação corintiana para a final. Agora, pelo Nacional, o Santos espera dar o troco para confirmar sua campanha de recuperação e buscar uma vaga no próximo torneio continental. O Corinthians que repetir sua última atuação na Vila Belmiro. Mas não terá Emerson, autor do gol da vitória por 1 a 0 em junho.

Assim, neste domingo, às 16 horas (de Brasília), a equipe do técnico Muricy Ramalho recebe o time de Tite, na Vila Belmiro, onde o treinador corintiano já foi alvo de cusparada de torcedores rivais. Porém, o comandante do clube da capital só pensa na importância do confronto entre os dois últimos campeões continentais.

Leia também:  Léo vê clássico com o Corinthians como oportunidade para o Santos embalar

"Existe sempre a grandeza do clássico. O Santos foi campeão da Libertadores no ano passado, e nós ganhamos nesta temporada. Perdemos para eles no Paulista (na primeira fase), mas ganhamos a semifinal da Libertadores. Vai ser um jogo com grandes jogadores de novo", avaliou Tite.Embalado por uma série de nove jogos sem derrotas, o Corinthians quer dar sequência à arrancada no Brasileirão, até porque deverá diminuir o ritmo na competição em novembro, quando estará mais preocupado com a preparação para o Mundial de Clubes.

Veja fotos do jogo de ida entre Santos e Corinthians pelas semifinais da Libertadores

Com 24 pontos, o Corinthians ainda aparece na parte intermediária da classificação, em situação melhor que a do Santos, que tem 20. O grande trunfo do clube da Baixada para interromper a sequência do rival é o atacante Neymar, que voltou ao time no jogo passado e desequilibrou.

Animado pela vitória sobre o Figueirense na rodada passada, o Santos quer embalar de vez no Brasileiro. Para isso, conquistar uma sequência de vitórias no final do primeiro turno é essencial para uma arrancada do Santos na Série A.

E mais:  Tite relaciona Zizao para clássico e confirma afastamento de Marquinhos

"Quero ajudar no clássico. Precisamos somar pontos. Vamos jogar em casa e temos a obrigação de vencer", disse o meia Paulo Henrique Ganso, que marcou o seu primeiro gol no Brasileirão, no triunfo sobre o Figueira.

Romarinho volta ao time depois de cumprir suspensão
Gazeta Press
Romarinho volta ao time depois de cumprir suspensão

De olho na ascensão santista na classificação, o técnico Muricy Ramalho reconhece que se aproximar dos líderes será uma tarefa árdua, mas confia que o Alvinegro Praiano pode tirar a diferença, rodada a rodada.

"Possível é, mas a gente não pode esquecer ou menosprezar a força dos outros que estão na frente. Eles dispararam e a gente ficou para trás. Mas estamos contando com a volta de jogadores importantes, o time está mais forte, ‘encorpado’. Vamos melhorar. É difícil recuperar, porém, vamos lutar para que isso aconteça", comentou.

Muricy deve apostar praticamente na mesma formação que derrotou o Figueirense. O trio Ganso, Neymar e André está garantido. O meia-atacante Patrício "Patito" Rodríguez, que deixou a partida contra os catarinenses nos primeiros minutos, após a expulsão do lateral esquerdo Juan, deve receber nova chance entre os titulares.

O zagueiro Durval, ainda com dores no tornozelo esquerdo, deve ser vetado pelo departamento médico, mais uma vez. David Braz será o seu substituto. Na ala esquerda, o veterano Léo, poupado no duelo com o Figueira, retorna ao time, com as suspensões de Juan, pelo cartão vermelho, e Gérson Magrão, pelo terceiro amarelo. O volante Henrique, com lesão no púbis, também não irá a campo no clássico.Já o Corinthians também tem desfalques para o confronto deste domingo, pois o lateral direito Alessandro e o zagueiro Chicão receberam o terceiro cartão amarelo e serão substituídos por Guilherme Andrade (ex-Ponte Preta) e Wallace, respectivamente.

O atacante Emerson ainda será preservado, para terminar com tranquilidade sua recuperação das dores crônicas no tornozelo esquerdo. Jorge Henrique também está entregue ao departamento médico.

Por outro lado, Romarinho está à disposição novamente, depois de ter cumprido gancho automático. Guerrero também reassume uma vaga entre os titulares, pois voltou da seleção peruana. Mas a grande novidade na equipe é o retorno de Paulinho, que estava servindo à Seleção Brasileira.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X CORINTHIANS

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 19 de agosto de 2012, domingo
Horário: 16 horas (Horário de Brasília)
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Emerson Augusto de Carvalho (ambos Fifa-SP)

SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, David Braz e Léo; Adriano, Arouca, Patito Rodríguez e Paulo Henrique Ganso; Neymar e André
Técnico: Muricy Ramalho

CORINTHIANS: Cássio; Guilherme Andrade, Wallace, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas e Danilo; Romarinho e Guerrero
Técnico: Tite

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.