"Continuamos sendo o time a ser batido porque somos os melhores do mundo", disse o lateral do Barcelona, às vésperas do início do Campeonato Espanhol

Daniel Alves comemora seu gol no amistoso
AP
Daniel Alves comemora seu gol no amistoso

Apesar do último Campeonato Espanhol ter sido o primeiro a terminar sem vitória do Barcelona desde que Daniel Alves chegou ao time, em 2008, o lateral não se mostrou desanimado e afirmou que o clube catalão ainda é o melhor time do mundo e a equipe a ser batida.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"Continuamos sendo o time a ser batido porque somos os melhores do mundo. Mandamos um recado ao resto dos times: este ano vamos atrás de todos os títulos", declarou o lateral da seleção brasileira.

Leia mais:  No Barcelona, lateral Adriano se diz no auge da carreira e recuperado de lesões

A cria das categorias de base do Bahia não se mostrou preocupado com a mudança do comando técnico do Barcelona de Guardiola para Tito Vilanova. "Pep nos deixou em boas mãos, o trabalho terá continuidade", opinou.

Confira ainda:  Empresário de Guardiola nega contatos com seleção brasileira

Quando perguntado sobre a fama de ser um provocador do Real Madrid, Daniel Alves respondeu que acredita que os comentários só acontecem porque ele recusou a equipe da capital espanhola para atuar no Barcelona ao sair do Sevilla.

"Sou um defensor do meu time e dos meus companheiros. Me vêem assim porque não fui jogar no Real Madrid ao deixar o Sevilla, mas isso não é problema meu. Quando vim jogar no Barcelona mudaram a imagem que tem de mim. Ao invés de jogar do Real jogo no melhor time do mundo", finalizou.

Barcelona e Real Madrid disputam no Camp Nou dia 23 de agosto, quinta-feira, o primeiro jogo da decisão da Supercopa da Espanha, que terá a partida final seis dias depois, no Santiago Bernabeu. Já no Campeonato Espanhol, o clube azul-grená estréia no domingo contar o Real Sociedad.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.