Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Palmeiras ganha primeira instância de ação em que Diego Souza pede R$ 4 mi

Ex-jogador do clube está cobrando pagamento de direitos de imagem e maior ganho sobre o dinheiro pago ao Palmeiras pela televisão

Gazeta |

Futura Press
Agora no Vasco, Diego Souza cobra direitos de imagem do ex-clube Palmeiras

Um ano após deixar o Palmeiras como consequência de desentendimento com parte da torcida, Diego Souza entrou com processo contra o clube cobrando R$ 4 milhões por falta de pagamentos de direito de imagem e exigindo maior ganho sobre o dinheiro pago pela televisão. Mas perdeu em primeira instância e terá que pagar R$ 2 mil ao time, embora ainda caiba recurso.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A decisão da juíza Lycanthia Carolina Ramage, da 42ª Vara do Trabalho de São Paulo considerou improcedentes os pedidos do meia-atacante. Foi determinado que o jogador, hoje no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, deve R$ 2 mil ao clube como custas do processo.

Na ação, o atleta que defendeu o Palmeiras entre fevereiro de 2008 e junho de 2010 cobrava neste período que os direitos de imagem depositados em sua conta tivessem caráter salarial. Desta forma, em seu entendimento, deveria receber também em cima deles porcentagens referentes a férias, 13º salário e FGTS, raciocínio do qual a juíza discordou.

Leia mais: João Vitor participa de treino e Obina e Maikon Leite saem com dores

Diego Souza também cobrava 20% do chamado "direito de arena", nome dado à receita vinda dos direitos de transmissão dos campeonatos. A juíza Lycanthia Carolina Ramage, porém, considerou válida convenção entre clubes e atletas, representados por sindicatos, de que apenas 5% deste direito são repassados obrigatoriamente aos jogadores.

Veja também: Após choro no adeus, Correa volta para casa "motivado como garoto"

Procurado pela reportagem, o diretor jurídico do Palmeiras, Piraci Oliveira, demonstrou confiança na vitória mesmo se o atleta entrar com recurso. "Essa decisão comprova que o Palmeiras executa todos os seus procedimentos de forma licita e que não corre riscos em suas ações", declarou.

E ainda: Após atuar no sacrifício, Marcos Assunção deve passar por cirurgia

Repassado pelo fundo de investimentos da Traffic ao Palmeiras em 2008, Diego Souza foi campeão paulista em seu primeiro ano no clube e, na temporada seguinte, com o time na liderança do Brasileiro, recebeu aumento. Mas sua passagem se encerrou em junho de 2010, quando, após ser vaiado em jogo contra o Atlético-GO pela Copa do Brasil, mostrou o dedo médio a torcedores no Palestra Itália.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras:

Leia tudo sobre: palmeirasprocessodiego souza

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG