Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Corinthians se vira bem sem Paulinho e bate o Inter com gol de outro Paulo

No Pacaembu, Paulo André marcou o gol solitário da vitória corintiana contra o Internacional

iG São Paulo | - Atualizada às

O Corinthians se deu melhor na briga de remendados contra o Internacional . Sem alguns titulares cedidos para seleções nacionais, o time paulista não sentiu falta de Paulinho e fez 1 a 0 nos gaúchos (que não contaram com Forlán e Guiñazu). Paulo André, num dos poucos momentos de emoção da partida insossa no Pacaembu, marcou o gol solitário da partida.

Veja a classificação completa e os próximos jogos do Campeonato Brasileiro

Paulinho e Forlán estiveram no Pacaembu para acompanhar a partida, mas as torcidas de Corinthians e Internacional prefeririam que eles estivessem em campo. Por terem jogado com Brasil e Uruguai na Europa , quarta-feira, os dois não puderam defender suas equipes na 17ª rodada do Brasileirão. Os dois voltam aos seus times no domingo.

Com o resultado, o Corinthians chega aos 24 pontos e alcança a nona colocação, igualando sua melhor posição no torneio até agora. O Inter fica com 30 e perde a chance de entrar no G-4, estagnado na quinta colocação.

Domingo, o Corinthians joga clássico contra o Santos na Vila Belmiro às 16h. O Inter atua em São Paulo mais uma vez. Vai ao Canindé às 18h30 do domingo para visitar a Portuguesa. 

O jogo
Bem postados, Corinthians e Inter pouco ofereceram de emoção no primeiro tempo. Os melhores momentos da etapa inicial aconteceram nos primeiros minutos. Depois, o que se viu foi um jogo arrastado, com poucas alternativas.

Leia também:  Corinthians está perto de anunciar lateral esquerdo Chiquinho, do Ipatinga

Rafael Moura, com 45 segundos, deu seu cartão de visita na sua estreia pelo Inter. Cabeceou firme no canto esquerdo de Cássio. Em impedimento, o lance não foi validade. Logo depois o Corinthians chegou em chute de Adilson. Muriel espalmou e Danilo quase marcou no rebote. 

Gazeta Press
Paulo André comemora o gol do Corinthians

Com o "He-man", o Inter abusou dos cruzamentos. Esta foi a principal jogada de ataque do time gaúcho, que fez 11 cruzamentos na área do goleiro Cássio no  primeiro tempo. Fora o gol impedido, Cássio teve pouco trabalho. Acabou se complicando em algumas saídas, mas nada que tenha assustado a torcida corintiana. 

Do lado corintiano, a falta de entrosamento pesou no ataque. Martínez e Adilson, pela primeira vez titulares, não conseguiram tramar boas jogadas. Douglas e Danilo, bem marcados, também pouco fizeram. O primeiro tempo terminou com pouquíssima emoção. Foram apenas quatro finalizações corintianas contra duas do Inter.

Sem alterações em nenhuma das equipes, o segundo tempo começou igualmente equilibrado. A diferença ficou na posse de bola corintiana, um pouco maior desde o primeiro tempo. Com a bola nos pés, o Corinthians deu poucas chances ao Inter de chegar ao seu gol. 

No ataque, o time paulista usou da arma do rival para alcançar o primeiro gol do jogo. Aos 23 minutos, a sétima bola alçada na área de Muriel, Douglas cobrou falta com precisão na cabeça de Paulo André, que marcou seu primeiro gol no ano. 

A partir dali, com a vitória parcial, a torcida corintiana começou a pedir para que Tite colocasse o chinês Zizao em campo. O treinador já havia trocado Adilson por Giovanni. O treinador, contudo, preferiu apostar em Marquinhos e Denner, outros garotos da base. O Inter, sem alternativas, não assustou Cássio e acabou sendo derrotado pela primeira vez com Fernandão no comando.

FICHA TÉCNICA: CORINTHIANS 1 x 0 INTERNACIONAL

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data: 15 de agosto de 2012
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Christian Passos Sorence e Marcio Soares Maciel (GO)

Público: 27.282 pagantes
Renda: R$ 769.271,00

Cartões amarelos: Paulo André, Alessandro, Martínez, Chicão (COR); Elton (INT)

Gol: Paulo André aos 23 minutos do 2º tempo

CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos (Marquinhos); Ralf, Willian Arão, Danilo e Douglas; Martínez (Denner) e Adilson (Giovanni). Técnico: Tite

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Fabrício; Elton, Josimar, Fred (Dátolo), Kleber (Mike) e Jajá (Lucas Lima); Rafael Moura. Técnico: Fernandão.

Leia tudo sobre: corinthiansinternacionalbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG