Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Atlético-MG para nas traves do Serra Dourada e só empata com o Atlético-GO

Líder do Brasileirão jogou com um a mais desde o primeiro tempo, mas não foi além do 1 a 1

Gazeta |

O Atlético-MG encontrou dificuldades contra o xará goianiense, e mesmo atuando durante a maior parte do jogo com um jogador a mais em campo, não conseguiu passar de um empate em 1 a 1, nesta quarta-feira, no Serra Dourada. O resultado mantém a liderança isolada do Galo com 39 pontos, enquanto o Atlético-GO chega aos 12 pontos, brigando para fugir das últimas colocações do Campeonato Brasileiro.

Veja a classificação completa do Brasileirão

O primeiro gol do jogo foi anotado por Ernandes, que mandou um petardo de fora de área, surpreendendo o goleiro Vitor. O Atlético-MG empatou com Bernard, que aproveitou cruzamento perfeito de Leandro Donizete e de cabeça mandou para as redes. O Atlético-MG ainda acertou a trave de Márcio em três oportunidades, mas não conseguiu virar o placar.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG vai receber o Botafogo, no próximo domingo, no Independência, que estará lotado, já que praticamente todos os ingressos já foram vendidos. O Atlético-GO terá novo compromisso no Serra Dourada, encarando o Palmeiras, também no domingo.

Veja fotos dos jogos desta quarta pelo Brasileirão:

O jogo
O duelo dos Atléticos começou com as duas equipes se estudando bastante, gerando um jogo cadenciado e de muito toque de bola. A primeira chance surgiu em favor do Atlético-MG com o garoto Bernard, que desviou cruzamento da direita, mas a cabeçada passou sobre o travessão de Márcio. Apesar de enfrentar o lanterna do Brasileiro, o time mineiro respeitou demais o adversário nos primeiros minutos, agredindo com pouca intensidade.

Como o Atlético-MG encontrou dificuldades para penetrar na defesa do Dragão, o time da casa resolveu arriscar, e aos nove minutos, Ernandes mandou um petardo de fora de área surpreendendo o goleiro Vitor, que não conseguiu fazer a defesa no canto esquerdo. O gol dos goianos acordou o time alvinegro que passou a imprimir velocidade ao jogo.

Futura Press
Ernandes abriu o placar para o Atlético-GO no Serra Dourada

Mesmo buscando o ataque com mais afinco, o Atlético-MG continuou com problemas para furar o bloqueio goiano, que quase ampliou em uma jogada rápida. Aos 16, o Atlético-GO conseguiu uma boa trama ofensiva, que terminou com Rayllan livre dentro da área, mas o jogador tentou um toque por cobertura e errou o alvo por pouco.

A vida dos visitantes só ficou mais fácil a partir dos 21 minutos, quando o árbitro capixaba Marcos André Gomes da Penha expulsou Joílson, deixando o Atlético-MG com superioridade no número de jogadores em campo. Com um homem a mais, o Atlético-MG partiu para a pressão, e o gol não demorou a sair. Aos 27, Leandro Donizete foi à linha de fundo e cruzou com perfeição na cabeça do pequenino Bernard, que de cabeça empatou o jogo.

Aos 32, nova oportunidade para os mineiros com o avante Jô, que finalizou cruzado, acertando a trave do goleiro Márcio. Sem muitas alternativas, o Dragão recuou as linhas de marcação permitindo aos visitantes dominar inteiramente a partida, com direito a desperdiçar várias chances para tomar à frente no marcador. Aos 45, Jô voltou a acertar a trave com uma boa cabeçada.

O panorama da partida mudou muito pouco na volta do intervalo, ou seja, o Atlético-MG atacando e perdendo muitos gols, e o xará goiano retrancado e buscando atuar no contra-ataque. Como o Dragão não conseguiu encaixar jogadas em velocidade, o jogo mostrou ataque alvinegro contra defesa rubro-negra na maior parte dos 45 minutos finais.

Aos 14, Ronaldinho acertou ótimo lançamento para Guilherme, que tentou um toque por cobertura e falhou no lance. Com o Atlético-GO bem fechadinho, o Atlético-MG procurou envolver o adversário girando a bola de um lado para outro na tentativa de encontrar espaços. Sem sucesso nas investidas, Cuca resolveu trocar o volante Leandro Donizete pelo armador Escudero, deixando a equipe ainda mais ofensiva.

Aos 28, o volante Pierre tentou chute de longa distância e acertou a trave de Márcio pela terceira vez no jogo. A torcida alvinegra, que marcou presença em grande número no Serra Dourada empurrou o time até o apito em final, mas o Atlético-MG não conseguiu a virada, mesmo tendo um jogador a mais em campo.

FICHA TÉCNICA -  ATLÉTICO-GO 1 X 1 ATLÉTICO-MG
Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data: 15 de agosto de 2012 (quarta-feira) 
Horário: 20h30 (horário de Brasília) 
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES) 
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e César Augusto de Oliveira Vaz (TO) 
Cartões amarelos: Diego Giaretta, Carlos (Atlético-GO); Guilherme, Escudero, Marcos Rocha (Atlético-MG) 
Cartão vermelho: (Atlético-GO) Joílson

Gols:  Ernandes, aos nove minutos e Bernard, aos 27 minutos do primeiro tempo

ATLÉTICO-GO : Márcio; Diogo Campos (Vanderlei), Gustavo, Reniê e Diego Giaretta (Gabriel); Dodó, Marino, Joílson e Ernandes; Rayllan (Carlos) e Patric  Técnico: Jairo Araújo

ATLÉTICO-MG : Victor; Marcos Rocha, Rafael Marques, Réver e Júnior César (Richarlyson); Pierre, Leandro Donizete (Escudero), Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Guilherme (Carlos César) e Jô  Técnico: Cuca

Leia tudo sobre: atlético-goatlético-mgbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG