Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Após atuar no sacrifício, Marcos Assunção deve passar por cirurgia

Volante do Palmeiras vem sofrendo com fortes dores no joelho direito e fala com naturalidade em passar por cirurgia

Gazeta |

Há meses, Marcos Assunção tem atuado no sacrifício pelo Palmeiras , com fortes dores no joelho direito. O problema no menisco tem incomodado tanto que, a partir de agora, o volante ganha um treino especial e deve jogar menos. Mas cabe a ele decidir por uma cirurgia, e o veterano já fala com naturalidade da possibilidade.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Getty Images
Marcos Assunção vem sofrendo com fortes dores no joelho e deve passar por cirurgia

Com 36 anos, e em discussão com a diretoria se adia sua aposentadoria e renova o contrato que acaba no fim deste ano, o meio-campista fez rápida aparição para a imprensa nesta quinta-feira e se mostrou desapontando pelas dores que aumentam a cada batida de falta. Está consciente da necessidade de ser operado.

Leia mais:  "Joguei para corneteiros que falam que não estou nem aí", diz Valdivia

Depois da declaração do atleta sacado por causa das dores no intervalo da vitória sobre o Flamengo, nessa quarta-feira, o médico do clube, Otávio Vilhena, se sentiu obrigado a esclarecer a situação. E relatou: ainda será tentado um método mais conservador, mas a intervenção no menisco se torna cada vez mais inevitável.

"Não é grave, mas não queremos forçá-lo a jogar com uma dor insuportável. Estamos em período crítico de observação, mas na iminência da decisão. Estamos próximos de optar pela cirurgia, mas é ele quem vai decidir", informou Vilhena, relatando que a operação seria uma artroscopia que deixaria o atleta vetado dos jogos por cerca de 30 dias.

Confira ainda:  Márcio Araújo confirma que João Vitor chegou embriagado em treino

O que ainda dá alguma esperança de recuperação sem cirurgia é o fato de o joelho direito do atleta não apresentar "derrame articular". Além disso, os exames não demonstram alteração e o arco de movimento dele na perna direita é completo, sem nenhuma restrição. Mas é em chutes e cruzamentos, especialidades dele, que há incômodo.

E mais:  Próximo da meta de gols, Barcos espera churrasco de Felipão

A definição da cirurgia pode ocorrer ainda nesta semana. Marcos Assunção está chateado porque as dores aparecem quando ele bate faltas. Por isso, ele fica impedido ou limitado de trabalhar o exercício que mais gosta. O motivo do problema é desconhecido, mas pode ser por causa de uma cirurgia similar realizada por ele anos atrás no exterior ou por tantas cobranças de bola parada ao longo da carreira.

Por enquanto, o volante será só poupado. "Ele terá um treinamento próprio, reduzido, além do tratamento médico. Vamos reduzir também o seu número de jogos para poupá-lo de esforço físico", disse Vilhena, praticamente confirmando como desfalque para o jogo de domingo, contra o Atlético-GO. "Hoje (quinta-feira) ele está bem, mas temos uma programação pessoal para ele. Não é certo que vá para Goiânia."

Leia tudo sobre: palmeirasmarcos assunçãobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG