Tamanho do texto

Apesar de descartar o que consideraria "uma injustiça" com o craque, vice-presidente quer o ex-jogador na delegação que o Corinthians levará para o Japão

Torcida do Corinthians criou campanha por Ronaldo no Mundial de Clubes
Reprodução
Torcida do Corinthians criou campanha por Ronaldo no Mundial de Clubes

O Corinthians abandonou totalmente a possibilidade de inscrever o ex-jogador Ronaldo no Mundial de Clubes, em dezembro. O registro do Fenômeno seria uma estratégia de marketing, mas o próprio responsável pelo setor, Luis Paulo Rosenberg, descarta a ideia.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O vice-presidente do clube acredita que a tática seria uma injustiça com Ronaldo, e não com os jogadores do elenco do técnico Tite, que lutam pelas 23 vagas disponíveis para o clube no torneio no Japão.

"Acho que seria uma injustiça com nosso craque. Não posso pedir para um empresário bem-sucedido como o Ronaldo estar preparado para enfrentar a disputa mais importante do futebol mundial", afirmou o dirigente.

Leia mais: Apresentado no Corinthians, Cigano brinca e diz que era zagueiro 'caneleiro'

Apesar de descartar que o ex-atacante entre  em campo, o vice-presidente corintiano manifesta o desejo de ter a companhia de Ronaldo na delegação que vai ao Japão, até por conta da repercussão que o "Fenômeno" causaria no local.

Veja também: Alessandro cobra sequência de vitórias no Corinthians

"Não tenham dúvidas de que queremos ter o Ronaldo ao nosso lado. Ele é um fator de motivação, congraçamento, exposição maior do Corinthians e um amigão, cada vez mais apaixonado pelo clube", acrescentou.

E ainda: Em recuperação, Emerson volta a correr no Corinthians

Desde que se aposentou, Ronaldo atua na área do marketing, com sua agência 9ine, que cuida da imagem de jogadores como Neymar e Lucas, além do lutador Anderson Silva.

Entre para a torcida virtual do Corinthians: