Contratado no fim de março pelo Corinthians, como uma estratégia de marketing, Zizao sequer estreou pelo clube

Zizao foi contratado por iniciativa do marketing
Gazeta Press
Zizao foi contratado por iniciativa do marketing

A falta de opções de atacantes faz o técnico Tite acelerar a ida do chinês Zizao para o banco de reservas do Corinthians. O treinador avalia que o atacante ainda não tem suas melhores condições, depois de ter se recuperado de cirurgia no ombro esquerdo, mas será necessário para compor a lista de suplentes nesta quinta-feira, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Não tem nada a ver com a parte técnica, mas sim pela necessidade que enfrentamos com a falta de atletas. Vai ser de difícil utilização, por não ter participado de atividades táticas ainda”, comentou o treinador, depois da movimentação do grupo, na tarde desta quarta-feira, no CT Joaquim Grava.

Para o confronto contra o Internacional, no Pacaembu, pelo Brasileirão, o comandante está sem Emerson e Jorge Henrique, vetados pelo departamento médico. Outras ausências na frente são de Romarinho, suspenso, e Paolo Guerrero, que está na seleção peruana.

Leia mais:  Guilherme conhece CT Joaquim Grava e vibra no Twitter

Contratado no fim de março pelo Corinthians, como uma estratégia de marketing, Zizao sequer estreou pelo clube e ficou no banco de reservas apenas uma vez, contra a Ponte Preta. A dupla de ataque titular contra o Inter será formada por Adílson e Martínez, que terão a oportunidade de iniciar uma partida pelo Corinthians pela primeira vez.

Se tiver a necessidade de trocar alguém da linha de frente durante o jogo, Tite terá como primeira opção o meia-atacante Giovanni, formado na base do clube. A ideia é que Zizao seja utilizado apenas em último caso. Mesmo assim, o treinador elogia a condição técnica do chinês e explica que só não o escalou ainda por conta do problema no ombro.

Veja também:  Jorge Henrique sofre lesão e desfalca o Corinthians por três jogos

“Tecnicamente, é um bom jogador, que bate bem na bola, tem velocidade e habilidade no enfrentamento, mas precisa de uma temporada de adaptação também. Ele teve a infelicidade de se lesionar quando começou a fazer os trabalhos, retrocedeu um pouco, e agora está trabalhando de novo”, concluiu.

Entre para a torcida virtual do Corinthians:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.