Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Criciúma consegue virada histórica em oito minutos e se mantém na ponta

Catarinenses perdiam por 3 a 1 até os 39 do 2º tempo para o América-RN, e viraram para 4 a 3 nos acréscimos

Gazeta | - Atualizada às

Em um jogo memorável, o Criciúma conseguiu manter a liderança da Série B do Brasileirão - já são oito rodadas consecutivas em primeiro lugar. Depois de estar perdendo por 3 a 1, a equipe catarinense conseguiu virar para cima do América-RN, fez 4 a 3, em apenas oito minutos, e permaneceu na ponta.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Invicto em casa, o Tigre começou melhor e abriu o placar logo no começo, com Giovanni Augusto. O América-RN reagiu com Pingo, que marcou três vezes. No fim, Gilmar, com dois gols, e Lucca, com outro, garantiram a festa no Heriberto Hulse.

Gazeta Press
Giovanni Augusto comemora gol do Criciúma na virada história dos catarinenses


Com o resultado, o Criciúma chegou a 39 pontos, enquanto o América-RN, que já chegou a liderar a competição, manteve os 27. Na próxima rodada, o time de Natal segue na condição de visitante, desta vez para enfrentar o América-MG. O Criciúma também viajará, ao Paraná, para medir forças com o Atlético-PR.

Leia mais:  Ipatinga supera Paraná, vence segunda seguida e reage na Série B

O jogo
Em festa há sete jogos, desde que o Criciúma assumiu a liderança da Série B, a torcida que compareceu ao Heriberto Hulse teve mais motivos para comemorar a partir dos seis minutos de jogo, quando Lucca fez boa jogada pela direita e cruzou para a área, onde o goleiro Thiago Schimidt não conseguiu segurar e acabou sendo vazado por Giovanni Augusto.O gol empolgou não só as arquibancadas, mas também o time, que passou a ter mais oportunidades desde então. Na melhor delas, Lucca cobrou falta na grande área gerando bate-rebate. A bola sobrou para Matheus Ferraz, mas o jogador não conseguiu aproveitar e desperdiçou boa chance de ampliar.

Confira a classificação atualizada da Série B

Mas não foram só momentos bons do Criciúma que fizeram a partida. O time da casa perdeu o goleiro titular Douglas Leite lesionado, aos dez minutos de jogo. Por outro lado, Márcio Passos fez falta dura em Giovanni Augusto e recebeu o vermelho direto, deixando o América-RN com um jogador a menos.

Confira ainda:  Com dois de William em estreia no Barradão, Vitória vence Guará‏

A desvantagem numérica em campo, contudo, acabou deixando a equipe visitante mais ofensiva. Na base do ‘tudo ou nada’, o Alvirrubro foi para o ataque e conseguiu assustar. Primeiro com desvio após escanteio, que obrigou o novo goleiro do Criciúma a trabalhar bem. Netinho também exigiu grande defesa de Michel Alves, ao passo que Cléber acertou o travessão.

E mais:  Joinville segue com boa campanha e vence Bragantino por 1 a 0

E o sufoco seguiu na etapa final. Netinho dava trabalho com um ótimo cruzamento para Lúcio Corrió, que desperdiçou, e com um chute na trave. O gol finalmente aconteceu aos 14 minutos, quando Michel Alves deu rebote após arremate do xará Michel, e Pingo completou para a rede.

Veja também:  Em noite de Itamar, Ceará vence em Alagoas e deixa o CRB para trás‏

O Criciúma tentou reagir ao promover duas mudanças (Gilmar e André Gava no lugar de Robert e Giovanni Augusto, respectivamente) e ao acertar o travessão com Lucca. Mas foi o América-RN, quem balançou as redes. E mais duas vezes. Sempre com Pingo. Na primeira, aos 28 minutos, ele desviou cruzamento de Fabinho, e na segunda, quatro minutos depois, o meia aproveitou falha da defesa para ampliar.

A torcida da casa, porém, também tinha seu artilheiro e, portanto, ainda teria motivos para comemorar. Zé Carlos brilhou nos minutos finais, e deu duas assistências, primeiro para Gilmar, depois para Lucca marcar. O atacante ainda caiu na área pedindo pênalti, aos 43 minutos, mas o árbitro entendeu que houve simulação e o expulsou. Coube a Gilmar, então, balançar a rede e decretar a festa no Heriberto Hulse.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 4 X 3 AMÉRICA-RN

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)
Data: 13 de agosto de 2012, terça-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Herman Brumel Vani e Alex Alexandrino
Cartões amarelos: Cléber e Fabinho (América-RN)
Cartões vermelhos: Zé Carlos (Criciúma) e Márcio Passos (América-RN)

Gols: CRICIÚMA: Giovanni Augusto aos seis minutos do primeiro tempo, Lucca aos 42 minutos do segundo tempo e Gilmar, aos 39 e aos 47 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-RN: Pingo, aos 14, aos 38 e aos 32 minutos do segundo tempo

CRICIÚMA: Douglas Leite (Michel Alves); Robert (Gilmar), Matheus Ferraz, Nirley e Marlon; Diogo Oliveira, Rodrigo Possebom, Kleber e Giovanni Augusto (André Gava); Lucca e Zé Carlos
Técnico: Paulo Comelli

AMÉRICA-RN: Thiago Schmidt; Norberto, Cleber, Edson Rocha e Wanderson; Michel Schmöler, Fabinho, Marcio Passos, Alan Bahia (Pingo) e Netinho (Nata); Lúcio (Rodrigão)
Técnico: Roberto Fernandes

Leia tudo sobre: série b 2012criciúmaamérica-rn

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG