Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Após sondagem do Flamengo, Valdivia pode repetir episódio de Kleber

Sondado pelo time carioca no ano passado, o "Gladiador" acabou com as chances de ir para o clube após confusão no jogo entres Palmeiras e Flamengo

Gazeta |

Gazeta Press
Recuperado, Valdivia volta a campo pelo Palmeiras

Em 20 de julho do ano passado, Kleber acabou com qualquer chance de ir para o Flamengo ao enfrentar exatamente o clube carioca após se recuperar de lesão e completar seu sétimo jogo pelo Campeonato Brasileiro, número que já o impedia de trocar de time na primeira divisão. Nesta quarta-feira, situação similar ocorre com Valdivia.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Recuperado de contusão na coxa esquerda, o meia entra em campo depois de se tornar pública a última das ações da diretoria da equipe rubro-negra que irritou o Palmeiras: uma sondagem pelo chileno foi considerada um “avanço de sinal na hora errada” pelo presidente do time paulista, Arnaldo Tirone.

As negociações e acusações da presidente Patrícia Amorim têm gerado irritação na diretoria da equipe alviverde desde o ano passado. Foi exatamente o interesse em Kleber, oferecendo-lhe um alto salário, que deu início a um mau ambiente que chegou a gerar dúvida sobre lesões do atacante até ele, já no fim do ano, acertar com o Grêmio.

Leia mais: Com Valdivia, Obina espera ter tantas chances de gol quanto Barcos

Mas o jogo contra o Flamengo representou mais do que sua volta e a impossibilidade de mudança de time na Série A. As vésperas da partida já haviam tido fatos que acirraram o clima, incluindo declarações de Luiz Felipe Scolari, que interessou à Gávea antes de voltar ao Palmeiras em 2010, avisando que o Gladiador só iria para o Rio de Janeiro se a sede flamenguista fosse vendida.Em campo, o empate por 0 a 0 no Pacaembu teve um polêmico lance em que Kleber, alegando desinteresse do adversário em praticar o “Fair Play”, partiu com a bola para dentro da grande área e deu um chute perigoso. Aqueles que poderiam ser seus companheiros foram para cima do então camisa 30, logo defendido pelos colegas.

Veja também: Palmeiras recebe o Fla para fugir da zona da degola e ter paz nos bastidores

Valdivia assistiu a tudo das tribunas do Pacaembu, já que estava machucado. Nesta quarta-feira, porém, o chileno está à disposição na Arena Barueri, sem lesão. E logo após ter sido um dos pontos altos da rixa entre os clubes que se tornou pública quando Patrícia Amorim acusou o Palmeiras de aliciar Ronaldinho Gaúcho. O Verdão negou e comprovou seu argumento com a ida do astro para o Atlético-MG.

Depois do acirrado duelo do ano passado, os dirigentes adotaram discursos mais brandos para o primeiro encontro desta temporada. “Estamos falando de Palmeiras e Flamengo, clubes de muita história. A Patrícia Amorim vai passar, como eu vou passar”, declarou o vice-presidente de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo.

E ainda: Após confirmação de atleta embriagado no Palmeiras, João Vitor fica fora de jogo

Já os atletas só querem que os desentendimentos fora de campo não contagiem o jogo. “Espero que não vá para o lado da violência e que dê para jogar tranquilamente. Deixemos a rivalidade para a diretoria. Dentro de campo, só temos que nos virar e fazer de tudo para vencer”, falou Obina, que atuou pelo Flamengo e, em sua última passagem pela equipe carioca, foi emprestado ao Palmeiras, há três anos. Quando os dois clubes ainda se entendiam.

Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2012valdívia

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG