Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

América-MG aproveita expulsão no 1º tempo e se reabilita contra o ABC

Thiago Humberto e Thiaguinho marcaram os gols da vitória de 2 a 0 da equipe mineira

Gazeta |

O América-MG se livrou de sua sequência de cinco jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro da Série B e conseguiu a reabilitação diante do ABC, nesta terça-feira, em Natal. Jogando no estádio Frasqueirão, o América-MG se aproveitou da expulsão de Leandro Cardoso no primeiro tempo e conseguiu imprimir bom volume de jogo para sair de campo com um importante triunfo por 2 a 0.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Os três pontos somados diante dos potiguares levou a equipe aos 29 somados na Segundona. Além de encerrar a incômoda série de derrotas que acompanhava a equipe – quatro nas últimas cinco rodadas -, a vitória mantém vivo o sonho dos mineiros em chegar ao G-4 da competição. Já o ABC segue em situação delicada na tabela de classificação. O time aparece com 20 pontos e precisa melhorar seu rendimento para não sofrer com a ameaça proporcionada pela zona do rebaixamento

O jogo

O América-MG começou disposto a recuperar os pontos perdidos nas últimas rodadas e entrou em campo na busca pelo gol. Logo aos seis minutos de jogo, Thiago Humberto aproveitou a sobra deixada por Bryan e chutou forte. O tiro foi violento e subiu por cima da meta defendida por Andrey.

O América-MG se manteve no ataque e passou a envolver a marcação dos donos da casa com toques rápidos. Sem sofrer o combate na intermediária, o time chegou bem na frente e ameaçou aos 15 minutos. Rodrigo Pimpão cabeceou firme e Andrey apareceu para impedir o gol. No lance seguinte, o time puxou contra-ataque e o mesmo Pimpão chutou em cima do arqueiro abecedista.

A boa atuação do camisa 1 do ABC nos início do confronto deixou o América-MG ciente de sua superioridade, mas comedido na intermediária. Seu bom volume de jogo, entretanto, forçou uma entrada mais dura de Leandro Cardoso no campo defensivo. O atleta entrou duro em Rodrigo Pimpão e recebeu o cartão vermelho após o segundo amarelo ser mostrado pelo árbitro.

A superioridade numérica que o América-MG passou a sustentar poderia ter facilitado as coisas para o time de Ademir Fonseca. Contudo, o panorama da partida não mudou em nada. Apesar de continuar com a posse da bola, a equipe não assustava o goleiro Andrey e só ameaçou aos 43, quando Thiago Humberto chutou à direita de sua meta.

A volta para o segundo tempo renovou o fôlego dos torcedores que compareceram ao estádio e mostrou que as duas equipes tinham potencial para chegar ao ataque. Aos três minutos, Gabriel lançou Rodrigo Pimpão em boa condição e observou o atleta chutar com perigo para fora. Na sequência, o ABC respondeu e Renatinho Potiguar só foi parado pela boa intervenção do goleiro Neneca.

A boa disposição tática dos comandados de Ademir Fonseca e a desorganização do ABC continuaram ditando o ritmo da partida. Sem demonstrar objetividade alguma no confronto, os potiguares se atrapalharam na marcação e viram Thiago Humberto subir sozinho para concluir o cruzamento de Boiadeiro da esquerda. Aos 19, o meia foi lançado com um toque despretensioso e enganou o goleiro e os defensores ao cabecear no canto da meta alvinegra.

A pressão que passou a ser exercida por seu torcedor nas arquibancadas do Frasqueirão levou o ABC a tentar a resposta imediata. Renatinho Potiguar tomou a bola, aos 23, e arriscou chute que foi direto pela linha de fundo. Três minutos depois, Adriano Pardal também tentou a sorte e Neneca se esforçou para fazer a defesa em dois tempos.

Sem sofrer qualquer combate do seu adversário, o América-MG se manteve impenetrável no restante do confronto e não obrigou Neneca a se esforçar embaixo de sua meta. A troca de passes do time quase culminou em um gol aos 39 minutos, mas a zaga conseguiu consertar o rebote dado por Andrey e afastou para longe.

Se no lance anterior os zagueiros conseguiram impedir que um erro do seu camisa 1 culminasse no segundo dos mineiros, o chute de Thiaguinho, aos 40, não foi parado por nenhum zagueiro abecedista. O atleta partiu livre pela direita e chutou forte após invadir a área. Mal colocado, o goleiro pulou estranho e não conseguiu impedir que a bola estufasse as suas redes pela segunda vez.

FICHA TÉCNICA
ABC 0 X 2 AMÉRICA-MG

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN)
Data: 14 de agosto de 2012 (terça-feira)
Horário: 21h50 (horário de Brasília)
Árbitro: Emerson Luiz Sobral (PE)
Assistentes: Elan Vieira de Souza (PE) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CE)
Cartões Amarelos: Leandro Cardoso, Guto e Adriano (ABC); Gabriel Santos, Bryan e Agenor (América-MG)
Cartão Vermelho: Leandro Cardoso (ABC)

GOLS:
AMÉRICA-MG: Thiago Humberto, aos 17 minutos do segundo tempo, Thiaguinho, aos 40 do segundo tempo

ABC: Andrey; Raul (Flávio Boaventura), Ivan (Serginho), Vinícius e Leandro Cardoso; Renatinho Potiguar, Bileu, Guto e Jerson; Adriano Pardal e Éderson (Elionar Bombinha)
Técnico: Ademir Fonseca

AMÉRICA-MG: Neneca; Thiago Boiadeiro (Glauber), Gabriel Santos, Vinicius Simon; Bryan, Lula, Leandro Ferreira, Agenor (Thiaguinho) e Thiago Humberto; Rodrigo Pimpão e Alessandro (Fábio Júnior)
Técnico: Milagres


Leia tudo sobre: América-MGABCsérie b 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG