Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Mourinho esquece a modéstia e declara: "Deveriam me chamar de único"

Treinador do Real Madrid deixou a modéstia de lado e fez questão de lembrar que é o único a vencer o campeonato inglês, italiano e espanhol

EFE |

EFE

AP
O 'modesto' José Mourinho quer ser chamado de 'único'

O técnico do Real Madrid, o português José Mourinho, deixou a modéstia de lado nesta segunda-feira e, depois de ter sido apelidado de 'Special One' durante sua passagem pela Inglaterra, de 2004 a 2007, sugeriu uma nova forma de ser chamado por ter sido o único treinador a ser campeão inglês, italiano e espanhol.

Mourinho é o melhor técnico do mundo no momento? Opine!

"Na Inglaterra, fui apelidado de 'Special One'. Graças a Deus, as coisas seguiram caminhando bem e, gostem ou não, sou o único que venceu o Campeonato Inglês, o Italiano e o Espanhol. Por isso, mais que 'Special One', deveriam me chamar de 'Único'", afirmou o treinador em uma entrevista concedida ao canal português 'SIC'.

Leia mais:  Mourinho admite erro por dedo no olho de técnico do Barcelona um ano depois

Com 49 anos de idade e a dias de começar a comandar o Real Madrid pela terceira temporada seguida, Mourinho revelou que sua alegria é ver a felicidade dos outros após as conquistas dos clubes que treina. E garantiu que vem deixando alguns defeitos no passado.

"Após ter ganhado praticamente tudo, com o tempo, me tornei menos egoísta e egocêntrico. Sempre gostei mais de ver a alegria dos outros, dos que me cercam. Por isso, vencer com a Inter me deu um prazer especial. São desafios, não metas pessoais", comentou Mourinho, que em 2010 ajudou a Inter de Milão a voltar a vencer a Liga dos Campeões após 45 anos.

Leia tudo sobre: real madridespanhafutebol mundialjosé mourinho

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG