Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Inter recebe a Ponte por vaga no G4 e mais eficiência ofensiva

Time do técnico Fernandão marcou apenas dois gols nos últimos quatro jogos e tenta resolver tal carência. Já a equipe de Campinas vive boa fase

Gazeta |

AE
Forlán durante treino do Inter

O Internacional ainda não perdeu sob o comando do técnico Fernandão, não sofre gols há quatro jogos, mas tem um problema sério a resolver: marcar mais gols. Nos últimos quatro jogos, foram apenas dois gols feitos. Neste domingo, às 16h (de Brasília), a equipe recebe a Ponte Preta , pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, na busca por colocar a bola na rede.

Um resultado positivo também pode levar o time ao G4 da classificação do Brasileirão .

A falta de gols escancara um problema enfrentado pelo Inter em toda a temporada: os muitos desfalques. E isto ocorre não apenas no setor ofensivo, pois Leandro Damião mais uma vez não joga, devido aos Jogos Olímpicos, onde está com a seleção brasileira. No meio, D’Alessandro e Dátolo, lesionados, seguem fora da equipe. Dagoberto, também machucado, nem concentra com o grupo. Atrás, Índio, suspenso, é igualmente um problema.

Comente esta notícia e deixe seu recado para outros torcedores

Para piorar a situação, o volante Guiñazu levou uma pancada no treino desta sexta-feira e virou dúvida para a partida. Como Bolatti se lesionou no empate da última quarta, contra o Náutico, Fernandão deve alterar a formação, passando a utilizar dois volantes em vez de três: Ygor e Élton serão os centromédios. Fred continua na armação, provavelmente assessorado por Lucas Lima.

Nesta sexta, Fernandão pôde contar com o retorno de Kléber à lateral esquerda. A volta deste importante titular possibilita ao treinador a chance de colocar outro esquema em campo. Nos momentos finais do treino da última sexta, Fernandão pôs Kléber como meia, em função semelhante à que ele desempenhava nos tempos de Santos. Assim, Lucas Lima sairia do time e Zé Mário entraria na lateral esquerda.

Leia ainda: Flu confirma que Rafael Moura é do Internacional

Gazeta Press
Roger comemora gol da Ponte Preta

O adversário colorado vive uma boa fase na competição. Nos últimos dois jogos, considerados difíceis, a Ponte obteve quatro pontos: venceu o Cruzeiro, em Minas, por 2 a 1, e empatou com o Grêmio, 0 a 0. Mesmo que este empate tenha ocorrido em Campinas, os jogadores valorizaram a atuação do time e o ponto obtido contra um dos líderes do campeonato.

"Empatar com o Grêmio é sempre um bom resultado. Apesar do duelo ser dentro da nossa casa e das oportunidades que criamos no primeiro tempo, temos que ter orgulho desse empate", avaliou o centroavante Roger.

Veja mais: Roger elogia atuação da Ponte Preta contra o Grêmio

Com 20 pontos e em posição intermediária, a Ponte Preta valoriza cada ponto somado na competição. O objetivo é trazer pontos de Porto Alegre: "É um jogo dificílimo fora de casa, mas vamos para lá com a intenção de somar pontos. Os times do sul são de muita pegada e força. Vamos lá para jogar o nosso futebol e se fizermos nosso papel temos tudo para conseguir trazer pontos", afirmou o zagueiro Diego Sacoman.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X PONTE PRETA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 12 de agosto de 2012, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Boschilia (PR)

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Bolívar e Kléber; Ygor, Élton, Lucas Lima e Fred; Jajá e Forlán.
Técnico: Fernandão

PONTE PRETA : Édson Bastos; Gerônimo, Diego Sacoman, Gustavo e Uendel; Baraka, Somália, Cicinho e Marcinho; Rildo e Roger.
Técnico: Gílson Kleina

Leia tudo sobre: internacionalponte pretabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG