Treinador foi mantido no cargo, apesar de perder a sexta partida consecutiva no Campeonato Brasileiro

Para muitos, os dias de Vágner Mancini como técnico do Sport não teriam sequência em caso de derrota diante do Vasco da Gama nesta quata-feira. Após revés por 2 a 0 em plena Ilha do Retiro , o time pernambucano perdeu a sexta partida consecutiva, mas o presidente Gustavo Dubeux garantiu a permanência do treinador.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Em entrevista coletiva concedida depois do duelo contra os cariocas, marcado pelo reencontro com Juninho Pernambucano , o mandatário afirmou que Mancini continua no cargo, já que a equipe tem melhorado no Campeonato Brasileiro .

Veja mais: Juninho e Tenório dão vitória ao Vasco sobre o Sport

"Fiz questão de parabenizar o Mancini nos vestiários. O time foi bem, fez um excelente primeiro tempo. Acertamos a trave com o Moacir e tivemos uma chance de gol com Rithely, que o goleiro defendeu. Foi uma das derrotas mais injustas do Sport", analisou Dubeux.

Apesar da derrota, o presidente preferiu exaltar o espírito demonstrado pelos jogadores diante de São Paulo e Vasco. "A gente fica chateado quando o time não se entrega.  Em um jogo como esse, a gente fica triste, mas satiseito porque o time está melhorando. O Mancini continua, porque o Sport está evoluindo. Contra o São Paulo o time foi bem e hoje, ainda melhor", finalizou.

O volante Tobi, um dos jogadores com mais tempo de Sport, lamentou as falhas da equipe nas finalizações e evitou criar justificativas para mais uma derrota na competição nacional. "Está faltando fazer o gol, tivemos volume e até bola na trave. Temos que melhorar nas finalizações e ponto. Não tem desculpa", disparou o meio campista. 

Ajude o time do Sport a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.