"Os custos são elevados e o salário é altíssimo", reclamou o vice-presidente da equipe italiana

Galliani acompanha amistoso entre Real e Milan
AP
Galliani acompanha amistoso entre Real e Milan

Se já estava difícil, agora ficou pior: o Milan admitiu oficialmente que já considera "quase impossível" conseguir acertar a contratação do brasileiro Kaká , do Real Madrid , depois de um encontro entre as duas diretorias nesta quarta-feira, em Nova York (Estados Unidos). A impressão é do vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, em declarações dadas à emissora "Sky Sport24", na qual afirmou ainda estar negociando, mas sem querer criar falsas esperanças à torcida italiana.

Kaká deve ficar no Real ou pedir para ser negociado com o Milan? Opine!

"A operação Kaká é muito difícil porque os custos são elevados e o salário é altíssimo. Diria que é quase impossível", disse o braço-direito do presidente do Milan (e ex-primeiro- ministro da Itália) Silvio Berlusconi.

VEJA:  Real Madrid goleia o Milan em amistoso disputado nos EUA

O encontro coincidiu com o amistoso que as duas equipes realizaram nos Estados Unidos, que terminou com goleada por 5 a 1 dos madrilenhos . Os italianos propõem o empréstimo gratuito de Kaká, e o pagamento de metade do seu salário, cerca de 5 milhões de euros (R$ 12,5 milhões). Segundo informações publicadas na última quarta-feira pelo jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", o Real Madrid já teria rejeitado essa oferta, apesar do interesse em negociar o jogador.

Kaká em ação no amistoso entre Real Madrid, sua equipe, e Milan, que o deseja: goleada espanhola
Getty Images
Kaká em ação no amistoso entre Real Madrid, sua equipe, e Milan, que o deseja: goleada espanhola

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.