Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Meia Rafinha deve ser a novidade do Coritiba contra o Atlético-MG

Meia-atacante entraria no segundo tempo. Clube tenta renovar o contrato do lateral Ayrton

Gazeta |

Na tarde desta quarta-feira, o grupo do Coritibia viaja para Belo Horizonte, onde enfrenta o Atlético-MG, nesta quinta-feira, às 21 horas, na Arena Independência, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Marcelo Oliveira, mesmo misterioso na hora de falar sobre a escalação, já dá pistas que indicam a possivel equipe que irá tentar derrotar o líder da competição.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O meia Rafinha, que não joga desde julho, já foi liberado pelo departamento médico do clube e está à disposição. Oliveira afirmou que pensa em utilizá-lo, ao menos durante 45 minutos.

Futura Press
Rafinha deve ser opção para o segundo tempo no jogo contra o Atlético-MG

"Tenho que fazer a opção para o Rafinha jogar um tempo. Ele pode jogar o primeiro tempo ou entrar depois, quando o jogo já estiver um pouco mais aberto. É uma tendência natural do segundo tempo ter um pouco mais de espaço", revelou o comandante.

Leia: Cuca já tem Atlético-MG pronto para enfrentar o Coritiba

Marcelo Oliveira também deverá promover algumas mudanças no meio-campo. Com muitos desfalques na parte defensiva, um esquema com três zagueiros foi especulado no Coxa, mas prontamente negado.

"Eu não vou jogar no 3-5-2 porque o Atlético-MG joga só com um atacante. Ficaria um zagueiro saindo pelos lados para anular o Bernard e o Guilherme, e isto não seria interessante", analisou.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Já fora das quatro linhas, a diretoria do Coritiba tenta a renovação de contrato do lateral direito Ayrton, emprestado pelo Londrina até o final deste ano. O seu empresário, Sérgio Malucelli, afirmou que a prioridade é do Coxa. Uma reunião, agendada para esta sexta-feira, pode definir a permanência ou não do jogador de 27 anos no Alto da Glória.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG