Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Daniel Carvalho faz balanço positivo, mas não sabe se fica no Palmeiras em 2013

"O clube terá eleições e muita coisa pode mudar", disse o meia, que alterna altos e baixos pelo time alviverde

iG São Paulo |

A diretoria do Palmeiras já começou a trabalhar para segurar por mais tempo jogadores que têm contrato apenas até o fim do ano, como Fernandinho , Mazinho e Marcos Assunção . Por outro lado, apesar de seu vínculo se estender até dezembro, Daniel Carvalho ainda não foi procurado pela cúpula alviverde e, mesmo assim, não se preocupa com o futuro.

Você quer que Daniel Carvalho fique no Palmeiras em 2013? Opine!

Gazeta Press
Daniel reconhece irregularidade no Palmeiras

"Normalmente, faço a avaliação por números, que me favorecem, mas isso é o de menos. Tenho de viver o momento e pensar no dia a dia. Se amanhã ou depois for renovar, vai ser com o maior orgulho e prazer, porque estou adaptado a São Paulo. Se não ficar, vou torcer para o Palmeiras chegar bem à Libertadores e seguirei minha vida em outro clube. Minha autoanálise é mais positiva do que negativa", afirmou.

VEJA:  Daniel Carvalho cobra reação do Palmeiras no Brasileiro no 1º turno

O meia esteve em 33 dos 47 jogos do time alviverde neste ano. Porém, independentemente de se dizer satisfeito com o desempenho, o atleta reconhece que não conseguiu manter a regularidade na equipe do técnico Luiz Felipe Scolari: "Todos os jogadores caíram um pouco de rendimento, mas não podemos aceitar. Tive altos e baixos no Palmeiras e fiquei fora das duas rodadas passadas. Agora, quero voltar jogando bem, até porque o torcedor acredita em mim e no grupo", disse.

MAIS:  Valdivia retorna aos treinos esta semana e pode jogar domingo

Recuperado de uma lombalgia e titular do jogo desta quarta-feira, contra o Botafogo, Daniel Carvalho explica que não teria problemas em prorrogar seu contrato no Palmeiras, se a diretoria manifestasse o interesse: "Não (fui procurado), mas não penso nisso e só vivo o dia a dia. O Palmeiras tem cláusula com direito de ficar comigo no ano que vem, mas o clube terá eleições e muita coisa pode mudar. Contrato é o de menos, dá para sentar na hora e resolver rapidinho", concluiu.

Ajude o Palmeiras a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

Leia tudo sobre: Palmeiras

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG