Argentino Nicolás Bertolo dirigiu alcoolizado pela cidade e tentou agredir a um policial no dia anterior

Estadão Conteúdo

Nicolás Bertolo dirigiu alcoolizado e se desculpou
Getty Images
Nicolás Bertolo dirigiu alcoolizado e se desculpou

O volante argentino Nicolás Bertolo, do Palermo, se desculpou publicamente nesta terça-feira por ter dirigido alcoolizado pela cidade homônima ao clube e ter tentado agredir a um policial no dia anterior.

Leia também: Suárez prolonga contrato com o Liverpool

"Me desculpo com a polícia, nossos torcedores e com o clube. Estou profundamente arrependido pelo que aconteceu e garanto a todos que episódios parecidos não vão se repetir", disse o jogador, em comunicado publicado no site oficial do Palermo.

O Palermo, por sua vez, anunciou que tomará medidas disciplinares contra Bertolo e o colocará à disposição para penas sócio-educativas. Bertolo foi interceptado pela polícia quando dirigia seu carro em ziguezague na principal via da capital da Sicília. Ele discutiu com os agentes, resistiu à prisão, de onde foi liberado após pagar fiança, e também perdeu o automóvel e a carteira de motorista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.