Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Muricy ainda espera a chegada de um camisa 9 e de um 10 no Santos

Treinador lamenta a falta de reforços e quer apenas a contratação de jogadores afirmados

iG São Paulo |

Mesmo em meio ao Brasileirão o Santos ainda está carente de duas funções fundamentais no time. Segundo o técnico Muricy Ramalho, o time precisa de um centroavante e de um armador principal de jogo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Nós precisamos de mais uns dois atletas. Precisamos de um camisa 9 e de um 10. Além de um centroavante, precisamos desse meia, que em outros tempos seria um camisa 8. Mas precisamos de um meio-campista para dar mais qualidade no passe e abastecer melhor o nosso ataque", disse Muricy.

AE
Muricy está preocupado com a falta de reforços

Ganso e Neymar defendem a Seleção Brasileira nas Olimpíadas, jogadores estão contundidos e, dentre outros problemas, o treinador santista destaca ser necessária a chegada de, pelo menos, mais dois reforços.

Leia: Santos terá retornos de Arouca e Adriano contra o Cruzeiro

Para o ataque, o Santos negociou com Rafael Moura, do Fluminense, e André, do Atlético-MG. Os dois estão nas reservas de seus respectivos clubes, porém, não foram liberados para uma mudança rumo a Vila Belmiro.

"Tentamos o Rafael Moura e o André só que, infelizmente, não deu. A gente está precisando que cheguem reforços", ponderou o comandante, que tenta garimpar, junto com a diretoria, bons valores dentro do mercado nacional. "O mercado brasileiro está difícil e, com o fechamento da janela internacional, está mais complicado ainda", comentou.

 Acompanhe o Brasileirão em tempo real e com estatísticas no aplicativo iG Futebol

Muricy Ramalho acredita que os santistas devem ter muita calma nesse período para não cometerem erros de avaliação, contratando jogadores que não acrescentem muito ao grupo no Campeonato Brasileiro. "Chegamos à conclusão de que não adianta trazer por trazer. É caro contratar um atleta e mandá-lo embora depois. Temos que ser precisos e só trazer quem possa resolver. Se aparecer uma condição favorável dentro do que pretendemos, vamos buscar", encerrou.

* Com informações da Gazeta

Leia tudo sobre: santosinteressecentroavantemeiaandrérafael moura

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG