Meia e atacante tiveram estiramentos confirmados e ainda não têm previsão de retorno aos campos

Diguinho (à dir.) abraçado ao zagueiro Digão, no treino do Fluminense
Photocamera
Diguinho (à dir.) abraçado ao zagueiro Digão, no treino do Fluminense

A vitória de 2 a 0 sobre o Coritiba no último domingo também trouxe alguns prejuízos para o Fluminense. Na reapresentação do time, nesta segunda-feira, o departamento médico confirmou que o meia Deco e o atacante Wellington Nem sofreram estiramentos musculares na coxa. Segundo o procedimento do time carioca, a dupla não têm previsão de retorno aos gramados.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Deco e Nem foram substituídos na segunda etapa da vitória sobre o Coritiba, aos nove e 14 minutos. O primeiro teve uma lesão grau dois na coxa esquerda e deve levar mais tempo para retornar aos treinamentos. O estiramento de Wellingto Nem foi de grau um, também na esquerda.

Veja mais: Em alta, Fred faz 'vira zagueiro' no Fluminense e ganha elogios

A boa notícia na reapresentação do elenco esteve no treinamento dos reservas, comandados pelo auxiliar de Abel Braga, Leomir. O volante Diguinho, que não atua desde abril, por conta de um edema ósseo, e o atacante Rafael Sobis, lesionado na coxa desde maio, participaram do aquecimento e do treino tático em campo reduzido.

Veja ainda: Técnico do Coritiba reconhece Flu superior, mas culpa expulsão por derrota

Assim, ambos deverão ser relacionados para a partida contra o São Paulo, quinta-feira, às 21h, em São Januário. O Fluminense segue na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, com 29 pontos, apenas dois atrás do Vasco, vice-líder, e três do Atlético-MG, que tem um jogo a menos.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.