Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Defesa invicta pela 6ª vez faz Cristóvão esquecer frustração pelo empate

Placar de 0 a 0 com Corinthians deixa técnico do Vasco feliz com ajuste da defesa restando ainda 24 jogos para o fim do Brasileiro

Hilton Mattos - iG Rio de Janeiro |

O objetivo do Vasco não foi alcançado nesta rodada do Brasileirão. Com o adiamento da partida entre o líder Atlético-MG e o Flamengo, a esperança era vencer o Corinthians, domingo, em São Januário, para chegar aos 33 pontos e passar o time mineiro (32). O empate em 0 a 0 frustrou os planos cruzmaltinos. No entanto, por ter ultrapassado pouco mais da terça parte da competição, Cristóvão Borges teve, sim, motivos para comemorar.

Deixe seu comentário sobre as últimas atuações do Vasco.

Site oficial
Tenório treinou forte durante a semana, assegurando lugar no banco contra o Corinthians

Com uma dupla de zaga reserva, o time assim mesmo manteve o bom aproveitamento dos jogos anteriores, chegando à sexta partida sem sofrer gol. Além de uma defesa bem montada, o Vasco ainda tem o artilheiro do campeonato: Alecsandro, com oito gols. Ou seja, o treinador vai armando bem sua equipe, deixando-a equilibrada.

Leia mais: Juninho Pernambucano comemora sexto jogo seguido do Vasco sem sofrer gol

Quanto ao setor defensivo, o treinador festejou a boa atuação de Douglas e Fabrício. Após o jogo, ele saiu convicto de que seu elenco é muito bem servido.

Veja também: Tenório comemora volta aos campos e promete 2 ou 3 jogos para estar em forma

“Quando você vive essa expectativa de escalar uma dupla reserva e ela vai bem, o treinador fica feliz. Aqui, a briga é boa. Tem muita gente para poucos lugares. Portanto, quando entram, têm que aproveitar. Esperava muita dificuldade neste jogo, mas no fim acabou dando tudo certo”, discursou o treinador.

No ataque, Cristóvão tem a satisfação de contar com Alecsandro. Mas a volta de Tenório, depois de uma grave lesão no tendão de Aquiles que afastou dos campos por cindo meses, agradou o comandante. Afinal, ele só tinha o camisa 9 como jogador de referência na área. O atacante equatoriano entrou no lugar de Eder Luis no segundo tempo.

“É uma alegria grande para todos nós. Eu já esperava que ele entrasse com a aquela gana toda. Ele estava com muita vontade. E pelos treinos que fez, sabia que entraria bem. Tenório trabalhou forte no período da lesão para se recuperar e voltar bem. Agora ele está recuperado, tenho certeza que será muito útil”, disse Cristóvão.

Leia tudo sobre: vascotenóriocristóvão borgesbrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG