Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Um ano depois, Kleber admite aliciamento do Fla enquanto estava no Palmeiras

"Gladiador" disse que clube carioca ofereceu o dobro do que ele ganhava no Palestra Itália

iG São Paulo | - Atualizada às

A conturbada saída do atacante Kleber do Palmeiras para o Grêmio, em 2011, teve muitos capítulos. O principal foi uma briga do treinador com o técnico Luiz Felipe Scolari, após o volante João Vítor entrar em confronto com membros de torcida organizada palmeirense. Antes disso, porém, o "Gladiador" balançou com uma tentadora proposta do Flamengo. A diretoria palmeirense e o atleta negaram a oferta por muito tempo, mas, quase um ano depois, o próprio jogador admitiu que foi aliciado pelo clube da Gávea.

O Palmeiras deveria entrar com ação na Fifa contra o Fla? Ou não vale a pena? Opine!

Gazeta Press
Kleber, o "Gladiador", beija o escudo do Palmeiras

"Eu recebi uma proposta do Flamengo, dizendo que eu ia ganhar quase o dobro. Eu disse que não queria sair do Palmeiras, mas também não queria perder tanto. Eles (dirigentes palmeirenses) me passaram que a partir de janeiro eu ia ganhar mais. Eu aceitei e pedi que assinassem alguma coisa que me desse segurança. Eles falaram que não iam assinar nada. Aí eu falei: 'Assim, na palavra, eu não vou confiar'", disse o jogador, em entrevista à TV Globo.

À época, tanto o atacante quando o seu empresário, Giuseppe Dioguardi, negavam que houvesse a proposta de aumento do Palmeiras. No Rio de Janeiro, o Flamengo também dizia que só havia conversado diretamente com o time paulista e que tinha oficializado suas intenções por meio de documento. Tudo para evitar uma possível ação alviverde na Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados) por aliciamento do jogador. A entidade máxima do futebol só permite que jogador converse com um clube interessado após a autorização de sua equipe atual.

VEJA: Tirone segura Valdivia e critica o Flamengo: "Avançou sinal na hora errada"

Além de ter primeiramente negado o pedido de aumento aumento e também o aliciamento do Flamengo, Kleber, na época, alegava que tinha uma lesão na coxa. No fim, a dita lesão evitou com que o atleta completasse o sétimo jogo pelo Palmeiras e ficasse impedido de se transferir para outro clube da Série A. Sem clima no Palestra Itália e sem mais negociações com o Flamengo, o "Gladiador" foi para o Grêmio, que  lhe ofereceu cerca de R$ 500 mil mensais. Antes ídolo da torcida palmeirense, Kleber acabou ficando conhecido como "Judas" pela torcida palmeirense.

Atualmente, Palmeiras e Flamengo estão envolvidos em mais uma situação incômoda. O time carioca voltou a demonstrar interesse em um atleta alviverde - deste vez, o meio-campista Valdivia -, o que irritou muito a diretoria palmeirense. No último sábado, o presidente palestrino, Arnaldo Tirone, negou que vá vender o camisa 10 para o time da Gávea e criticou a equipe do Rio de Janeiro.

Quem tem razão nesta história: Palmeiras ou Flamengo? Discuta na Torcida Virtual

Leia tudo sobre: PalmeirasFlamengoCruzeiroKleber

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG