Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Técnico do Coritiba reconhece Flu superior, mas culpa expulsão por derrota

Lateral direito deixou o time da casa com um jogador a menos e contribuiu para o revés em casa

Gazeta |

O Coritiba perdeu no Couto Pereira para o Fluminense, por 2 a 0, e viu a luz amarela acender, com o torcedor mostrando sua insatisfação pela posição da equipe no Campeonato Brasileiro e a maior proximidade da zona de rebaixamento. O técnico Marcelo Oliveira admitiu a superioridade do rival durante a partida, mas elogiou a postura dos comandados.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Era um jogo difícil em qualquer circunstância. O Fluminense não está na posição que está por acaso. Tem um time técnico, de muitos investimentos. No segundo tempo a gente até atacava mais, até a expulsão. Não tinha clareza nas oportunidades, mas poderia fazer gol. O Coritiba não foi omisso, não foi passivo. Marcou muito e era muito bem marcado", disse o treinador, que colocou a expulsão de Ayrton como fato fundamental para o resultado.

Leia mais: Fred elogia domínio do Fluminense sobre o Coritiba no Couto Pereira

"Fez a diferença a saída do Ayrton. Não deu tempo para se organizar", completou.  O técnico não deixou, entretanto, de criticar a atuação do árbitro Wagner Reway, que teria deixado de marcar algumas faltas a favor do Coritiba. "Tivemos uma arbitragem confusa e temos que registrar isso. Sem critério. Abdicou de marcar faltas no jogo em determinado momento. Não é uma desculpa, mas tem que ficar um registro", pontuou.

Com menos de 50% de aproveitamento em casa, o time paranaense não está usando uma de suas principais armas, os jogos em seu domínio, fator que o comandante admite ser decepcionante, mas explicável pelo cansaço. "Esse ano a gente sentiu mais a situação da Copa do Brasil, de disputar e de ter perdido nas circunstâncias em que perdemos. Está baixo em relação ao que era, mas não é por falta de vontade dos jogadores", garantiu.

Veja mais: Fluminense comemora vitória, mas pode perder Deco e Nem lesionados

Chico, com terceiro cartão amarelo, e Ayrton, expulso, são apenas mais dois desfalques que se juntam aos que estão entregues ao departamento médico. Problemas que Oliveira terá que resolver para encarar o Atlético-MG, quinta-feira, em Belo Horizonte.

Veja também: Fluminense vence o Coritiba, quebra tabu e encosta nos líderes

"Tivemos a baixa do William no último treinamento, consequência de jogos seguidos. O Rafinha da mesma forma. Não costumo lamentar para valorizar quem vai entrar. Teremos um time forte diante do Atlético-MG", concluiu.

Leia tudo sobre: CoritibaMarcelo OliveiraBrasileirão 2012Fluminense

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG