Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Podendo abandonar o futebol, holandês fará novos exames cardíacos

Zagueiro Hedwiges Maduro, do Sevilla, irá realizar testes nos Estados Unidos para detectar problema

EFE |

EFE

AP
Hedwiges Maduro, ainda quando atuava pelo Valencia, pode ter que abandonar o futebol

O zagueiro e volante holandês Hedwiges Maduro, do Sevilla, viajará nesta segunda-feira para Houston, nos Estados Unidos, onde será submetido a novos exames médicos, em um centro especializado, para avaliar a anomalia congênita que foi detectada em seu coração. O atleta seguirá acompanhado do chefe do departamento médico do Sevilla, José Naranjo.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Nos próximos dias, ele será submetido a uma "nova avaliação", por parte dos especialistas do "Texas Heart Institute", segundo informou o clube espanhol. Os novos exames serão feitos com o objetivo de ajudar o clube a decidir sobre o futuro do jogador, depois que Maduro terminou os exames programados na Espanha.

Leia mais: Com problema cardíaco, holandês deixa treino do Sevilla e pode encerrar carreira

Segundo o Sevilla, depois de diagnóstico da anomalia, Maduro foi examinado pelos melhores especialistas da Espanha e da Europa. O Sevilla anunciou a uma semana que o zagueiro e volante, de 27 anos, contratado junto ao Valencia, teve detectado o problema cardíaco. Segundo os médicos, a detecção da anomalia foi casual, realizado em um exame complementar e que não seria possível detectar em análises convencionais.

Maduro assinou contrato até junho de 2015 com o Sevilla, após o término de seu contrato com o Valencia. Além das duas equipes, o jogador atuou pelo Ajax, onde começou a carreira.

Leia tudo sobre: sevillamadurohedwiges madurofutebol mundialespanhaholanda

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG