Time potiguar mantém ascensão, chegando aos 20 pontos. Adriano Pardal e Eliomar marcaram

O Paraná Clube foi a Natal em busca de reabilitação na Série B do Campeonato Brasileiro , pressionou, mas saiu do Estádio Frasqueirão com uma derrota por 2 a 0 diante do ABC . Com o resultado, o Tricolor da Vila perdeu contado com os líderes, estacionado em 22 pontos. A equipe potiguar, por sua vez, segue em ascensão, dois pontos atrás.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O técnico Ricardinho comanda o Paraná contra o ABC, em Natal
Futura Press
O técnico Ricardinho comanda o Paraná contra o ABC, em Natal

O time da casa abriu o placar aos 35 minutos da primeira etapa, com Adriano Pardal, que mergulhou para completar de cabeça cruzamento na medida após falha defensiva dos paranaenses. Depois de intervalo, Eliomar Bombinha, aos 17 minutos, pegando rebote, ampliou a vantagem.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO E AS PRÓXIMAS RODADAS DA SÉRIE B

Na próxima rodada, o ABC vai a Florianópolis, onde enfrenta o Avaí, terça-feira, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. Já o Paraná Clube terá pela frente o CRB, sábado, na Vila Capanema, em Curitiba.

O jogo
O Tricolor não se intimidou com a torcida adversária e começou pressionando. Aos dois minutos, Luisinho achou espaço na defesa e bateu forte, pela linha de fundo, com perigo. O time da casa respondeu aos oito minutos, com um lançamento em profundidade que Luís Carlos interceptou.

O técnico Ricardinho teve que queimar uma mudança por conta de uma lesão de Alex Alves. Cambará entrou na partida. O angolano Geraldo, que ganhou mais uma chance como titular, tirou a defesa da jogada, aos 17 minutos, e mandou um petardo, para fora, assustando o goleiro Andrey. Cochilo da defesa paranista, aos 23 minutos, Renatinho cruzou e Luís Carlos se antecipou para evitar o gol de Éderson.

O ABC aos poucos equilibrou as ações e dava algum trabalho à defesa do Paraná. Após 31 minutos, Adriano Pardal arriscou de longe e a bola saiu. Até que, aos 35 minutos, depois de cruzamento da direita, Adriano Pardal apareceu e empurrou para o fundo das redes, de peixinho.

Na segunda etapa, o Tricolor da Vila voltou com Arthur no lugar de Paulo Henrique, numa tentativa do técnico Ricardinho em melhorar o setor ofensivo. Aos cinco minutos, Luisinho apareceu na área para desviar de cabeça, nas mãos de Andrey. Mais Paraná no ataque e, aos sete minutos, Geraldo recebeu bom passe e fuzilou para boa defesa do goleiro.

Porem, mais uma vez a equipe paranista estava melhor, quando veio o banho de água fria. Aos 17 minutos, Eliomar Bombinha, que entrou no lugar de Éderson, pegou rebote de Luís Carlos e arrematou para o fundo das redes. O gol empolgou a equipe potiguar. Aos 24 minutos, Adriano bateu na bola meio sem jeito dentro da área e mandou para fora.

Eliomar Bombinha entrou bem na partida e quase fez mais um aos 26 minutos, chutando um míssil para um milagre de Luís Carlos. O Paraná buscava a reação. Aos 34 minutos, Geraldo aproveitou cobrança de escanteio e desviou para boa intervenção de Andrey. Ainda deu tempo para Leandro Cardoso receber o segundo cartão amarelo e ser expulso. Mas era tarde para o Tricolor.

FICHA TÉCNICA
ABC 2 X 0 PARANÁ

Local: Estádio Frasqueirão, em Natal (RN).
Data: 4 de agosto de 2012, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho
Assistentes: Carolina Romanholi Melo e Armando Lopes de Sousa.
Cartões amarelos: Jérson e Leandro Cardoso (ABC); Ricardo Conceição e Lúcio Flávio (Paraná)
Cartão vermelho: Leandro Cardoso (ABC)

Gols:
ABC: Adriano Pardal, aos 35 minutos do primeiro tempo e Eliomar Bombinha, aos 17 minutos do segundo tempo

ABC: Andrey; Pedro Silva (Eliélton), Leandro Cardoso, Vinícius e Renatinho Potiguar; Serginho, Bileu, Jérson (Ivan) e Raul; Éderson (Eliomar Bombinha) e Adriano Pardal.
Técnico: Ademir Fonseca

PARANÁ: Luís Carlos; Paulo Henrique (Arthur), Amarildo, Alex Alves (Cambará) e Fernandinho; Zé Luís, Ricardo Conceição (Ângelo), Luisinho e Lúcio Flávio; Nilson e Geraldo.
Técnico: Ricardinho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.