Corinthians falha mais uma rodada e não consegue marcar gols para desespero do técnico

Romarinho teve duas chances e falhou
Gazeta Press
Romarinho teve duas chances e falhou

O Corinthians deixou São Januário neste domingo com mais um ponto no Campeonato Brasileiro, mas com a sensação, pela segunda rodada consecutiva, de que poderia ter tido melhor sorte. Após empatar sem gols com o Bahia em Salvador, novo 0 a 0 contra o Vasco.

Leia também: No aguardado reencontro, Vasco e Corinthians empatam em 0 a 0

"Gosto muito de me ater a desempenho, a marcação, a ofensividade. Agora, fico com o sentimento de que a gente tem que transformar em vitória, de que poderia ter vencido", analisou o técnico Tite, antes de revelar o tom da conversa com a equipe no intervalo da partida.

E mais:  Erros nas finalizações irritam corintianos em mais um 0 a 0 pelo Brasileirão

"Eu falei 'ei, atenção para ganhar'. 'Abriu a possibilidade, finaliza, vai para o gol. Tem que tocar, mas é para o gol'. Tem que transformar isso (controle do jogo) em resultado", explicou o treinador, frustrado com o placar, mas satisfeito pela atuação.

Confira ainda: Corinthians começa a usar selo da Libertadores no seu uniforme

O time se mantém em zona intermediária na classificação da competição nacional, agora com 17 pontos. O próximo confronto será na quarta-feira, diante do Atlético-GO, no Pacaembu.

Romarinho amplia jejum de gols para oito jogos e diz que tem se cobrado melhora

"Vai ser um jogo muito difícil. Ou alguém vai falar que vai ter alguma facilidade? O Botafogo nos mostrou uma situação muito importante (derrotou o Corinthians por 3 a 1, no jogo seguinte ao título da Copa Libertadores). Todos os jogos têm caráter decisivo", concluiu Tite.

O elenco volta aos treinos na manhã desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava. A expectativa é de que o zagueiro Chicão, baixa nas duas últimas partidas por conta de edema na coxa esquerda, possa ser aproveitado. Já o atacante Emerson, com o tornozelo esquerdo dolorido, pode ficar fora pelo terceiro compromisso consecutivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.