Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Fluminense vence o Coritiba, encerra tabu de 24 anos e encosta no Vasco

Time carioca fez 2 a 0 com um gol contra de Pereira e outro do atacante Fred. Coxa freia reação

iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Com dois gols marcados no final da partida, o Fluminense bateu o Coritiba por 2 a 0, em pleno Estádio Couto Pereira, e diminuiu um pouco mais a distância para os líderes do Campeonato Brasileiro, chegando aos 29 pontos. O Atlético-MG, que lidera, mas teve seu jogo com o Flamengo adiado, soma 32 pontos. O Vasco, que apenas empatou com o Corinthians em casa nesta rodada, tem 31.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Além disso, o time carioca encerra um tabu de 24 anos sem vencer o rival paranaense no estádio Couto Pereira. O Coritiba, por sua vez, estaciona em 15 pontos, longe do G-10, ficando cada vez mais próximo da zona da degola. O Fluminense volta a campo na próxima quinta, às 21h, em São Januário. No mesmo dia e horário, o Coritiba encara o Atlético-MG no Independência.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO E OS PRÓXIMOS JOGOS DO CAMPEONATO BRASILEIRO 

Gazeta Press
No estádio Couto Pereira, em Curitiba, Fred, do Flu, encara a marcação de Rafael Bonfim, do Coritiba

O Fluminense abriu o placar aos 36 minutos, depois que os paranaenses tiveram Ayrton expulso. No minuto seguinte, Marcos Júnior, chutou, Pereira desviou no caminho e mandou contra o próprio patrimônio. Aos 39 minutos, Fred recebeu de Wagner e só teve o trabalho de empurrar para o gol para fechar a contagem.

A notícia ruim ficou por conta das lesões do meia Deco, que saiu com um problema muscular na parte superior da coxa esquerda, e do atacante Wellington Nem, que também sentiu uma fisgada na coxa, mas na parte posterior. Os jogadores serão reavaliados na reapresentação do elenco, nesta segunda-feira.

O jogo
O Coxa entrou em campo com algumas novidades na equipe, como a entrada de Junior Urso no lugar de William e Bonfim, estreando na vaga de Emerson. Com a bola rolando, o Tricolor tocava bem a bola, esperando o momento certo de avançar. Aos cinco minutos, Wellington Nem abriu espaço e chutou de longe para defesa tranquila de Vanderlei. Com dores no joelho, Leandro Eusébio parou a partida aos 10 minutos para ser atendido. Abel pedia para o jogador ficar.

Ao contrário do que se esperava, os cariocas tinham a posse de bola enquanto a equipe da casa esperava para contra-atacar. Aos 13 minutos, Ayrton recebeu em velocidade e foi travado no momento do cruzamento. Após boa triangulação, aos 16 minutos, a bola ficou com Wallace, que bateu por cima da meta. Apagado, Thiago Neves apareceu aos 24 minutos, com um chute rasteiro da intermediária, pela linha de fundo.

O Fluminense chegou a balançar as redes aos 29 minutos, com Wellington Nem, mas o árbitro anulou o lance para marcar toque no braço do jogador. O Coritiba tentava equilibrar as ações, mas o rimo da partida caiu, ficando mais amarrada. Lançamento em profundidade para Everton Costa, aos 38 minutos e a defesa apareceu para interceptar. A melhor jogada do primeiro tempo aconteceu aos 46 minutos. Ayrton cobrou falta, Leonardo cabeceou, Cavalieri fez a defesa. No rebote, Éverton Costa arrematou e Fred, em cima da linha, salvou.

No segundo tempo, os times voltaram sem modificações. Porém, emoção mesmo somente aos quatro minutos, com um recuo na fogueira para Diego Cavalieri, que deixou a meta para dar um chutão. Aos seis minutos, Chico apareceu de surpresa para chutar e obrigar o goleiro tricolor a fazer bela defesa. Aos oito minutos, Deco sentiu uma lesão sozinho e imediatamente foi substituído por Wágner.

O mesmo destino teve Wellington Nem, aos 12 minutos. Marcos Júnior entrou no jogo. Aos 14 minutos, Leonardo fez a jogada individual, arriscou o chute da entrada da área e a bola passou com perigo. O técnico Marcelo Oliveira também mexeu em seu time, sacando Chico e Lincoln para as entradas de Gil e Thiago Primão. Aos 26 minutos, Éverton Costa pegou sobra de bola e fuzilou para fora.

O Fluminense já não tinha a mesma força, especialmente com a saída de Deco. Leonardo recebeu passe açucarado aos 32 minutos desviou de cabeça e Diego Cavalieri foi buscar. Pressão coxa-branca e, aos 35 minutos, Leonardo, de frente para o gol, perdeu uma chance incrível. As coisas mudaram de rumo aos 36 minutos, com a expulsão de Ayrton. No minuto seguinte, Marcos Júnior, chutou, Periera desviou e a bola morreu no fundo das redes. Aos 39 minutos, Fred recebeu de Wagner e só teve o trabalho de empurrar para o gol para fechar a contagem.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0 X 2 FLUMINENSE

Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data: 5 de agosto de 2012 (Domingo)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Kléber Gil (SC)
Cartões amarelos: Chico, Ayrton e Pereira (Coritiba); Gum, Edinho (Fluminense)
Cartão vermelho:Ayrton (Coritiba)

Gols:
FLUMINENSE: Pereira (contra), aos 37 minutos e Fred, aos 39 minutos do segundo tempo

CORITIBA: Vanderlei, Ayrton, Bonfim, Pereira e Lucas Mendes; Junior Urso, Chico (Gil), Lincoln e Robinho; Leonardo e Everton Costa (Roberto)
Técnico:Marcelo Oliveira

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wallace, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco (Wagner) e Thiago Neves; Wellington Nem (Marcos Junior) e Fred
Técnico: Abel Braga

Leia tudo sobre: FluminenseCoritibaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG