Tamanho do texto

Time mineiro procura segunda vitória seguida diante de sua torcida para se aproximar dos líderes

Borges vive boa fase e é esperança de gols no Cruzeiro
Futura Press
Borges vive boa fase e é esperança de gols no Cruzeiro

Motivado pela vitória e pela boa exibição contra o Palmeiras, o Cruzeiro planeja emplacar o segundo triunfo seguido atuando diante da torcida e, assim, chegar ao G4 do Brasileiro. Para isso, O time celeste precisa vencer a Ponte Preta , em jogo marcado para o próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Independência.

Veja a classificação atualizada do Brasileirão

Com 23 pontos na quinta colocação, a Raposa precisa triunfar e torcer contra o Grêmio, que enfrenta o Bahia, dessa forma, o time mineiro ultrapassaria os gaúchos e terminaria a rodada no grupo dos clubes que garantem vaga na Libertadores de 2013. Se depender dos números contra o time de Campinas, o torcedor cruzeirense pode ficar animado, já que o retrospecto é favorável.

A Macaca só conseguiu vencer a Raposa atuando em Belo Horizonte uma única vez na história dos Brasileiros. Em nove partidas, a equipe mineira ganhou em seis ocasiões, empatou duas e foi derrotada uma vez, em 2005. Outro ponto positivo a favor do Cruzeiro é que o técnico Celso Roth parece ter encontrado o padrão de jogo ideal para os celestes.

Com isso, a tendência é que o treinador mantenha praticamente toda a equipe que venceu o Palmeiras, na rodada passada. A única exceção deve ser a volta de Léo, que cumpriu suspensão e retorna na vaga de Thiago Carvalho na defesa celeste. O zagueiro Victorino e o atacante Wallyson serão mantidos no time e o Roth explica que optou pela entrada de um jogador com características de velocidade, no lugar de um dos atletas mais fixos. Dessa forma, Wellington Paulista foi parar na reserva.

"São critérios que a gente tem. Critérios internos, critérios meus, dentro da minha metodologia, e dentro do que eu estou vendo que está acontecendo no nos jogos. Então, nós fizemos essas colocações, somamos, diminuímos, dividimos, enfim, tivemos todo um somatório de variáveis que faça com que eu decida. A gente está vendo o treinamento, a evolução de um, de outro, está vendo no jogo alguns problemas da equipe, de ter a posse de bola. Fizemos a escolha", declarou.

Na Ponte Preta, o jejum de quatro jogos sem vitória começa a preocupar o técnico Gilson Kleina, que planeja fazer mudanças no time para enfrentar o Cruzeiro, algumas alterações serão forçadas. Nikão está vetado pelo departamento médico e deve dar lugar para Marcinho. Já Lucas, Cicinho e Gerônimo devem ser opções táticas do treinador.

Para o zagueiro Ferron, que pode perder o lugar no time, a Macaca tem totais condições de retomar a boa campanha do início da competição e vencer a Raposa. O defensor lembra que a Ponte Preta já esteve em fase positiva no Brasileiro e já projeta dias melhores com ascensão do time.

"Pegamos uma sequência de cinco jogos sem perder, com vitórias importantes e a equipe não se empolgou com isso. Agora da mesma forma, a equipe não está abalada, pois sabemos que momentos ruins acontecem. Muito pelo contrário, estamos nos dedicando ao máximo, vamos nos fortalecer e as vitórias voltarão se Deus quiser", afirmou.

FICHA TÉCNICA-  CRUZEIRO X PONTE PRETA

Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte
Data: 5 de agosto de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Assistentes: Rodrigo Pereira Jóia (PR) e Ivan Carlos Bohn (PR)

CRUZEIRO: Fábio, Ceará, Léo, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Charles, Tinga e Montillo; Borges, Wallyson
Técnico: Celso Roth

PONTE PRETA: Roberto; Cicinho (Gerônimo), Tiago Alves, Gustavo e Uendel; Baraka, Somália, Lucas (Cicinho) e Marcinho; Rildo e Roger
Técnico: Gilson Kleina

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente o duelo com a Ponte Preta