Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Peruano agrada Tite e ameaça vaga de Romarinho no ataque do Corinthians

Guerrero ainda não marcou, mas já impressionou o treinador com sua movimentação na linha de frente

iG São Paulo | - Atualizada às

Apresentado há menos de três semanas, o peruano Guerrero, novo centroavante do Corinthians, caiu rapidamente no gosto do técnico Tite e já ameaça a vaga de titular do talismã Romarinho na partida deste domingo, diante do Vasco, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. Guerrero foi contratado do Hamburgo, da Alemanha, para ser a referência no ataque, também já sem Liedson, que não renovou contrato e acertou com o Flamengo. Apesar de estar em processo de adaptação, o peruano não se esconde da responsabilidade.

Quem deve ser titular: Guerrero ou Romarinho? Opine!

Gazeta Press
Guerrero conquistou a confiança de Tite

"Antes, quando tinha a bola no ataque, o time não cruzava, porque não tinha ninguém ali. Agora estão fazendo mais cruzamentos porque tem alguém para cabecear. Podem contar comigo nos próximos jogos para, a qualquer momento, fazer um gol", disse o novo camisa 9, encantado com o futebol brasileiro.

VEJA: Liedson assina contrato com o Flamengo até dezembro de 2013

"É um futebol mais técnico, um pouco mais lento. Na Europa, há muito contato físico, um jogo muito sistemático. Aqui se desfruta mais, é um futebol mais pausado, com tempo para poder girar e ficar de frente para o gol. No futebol europeu não dá para ficar por muito tempo com a bola no pé, porque tem mais contato", explica.

MAIS: Corinthians leva taça da Libertadores para ser abençoada pelo Padre Marcelo

A definição do ataque que enfrenta o Vasco pode sair nesta sexta-feira, dois dias antes da partida. Emerson tem dores no tornozelo esquerdo e vê Jorge Henrique e Romarinho (que fizeram a dupla ofensiva no empate com o Bahia) à sua frente. Guerrero, por outro lado, tem sido testado como titular em todos os treinos coletivos da semana, no lugar de Romarinho.

LEIA: Edema na coxa tira Chicão de segundo jogo seguido pelo Corinthians

"Dá para perceber que a gente ainda não sabe onde ele gosta de receber a bola, e nem ele sabe onde a gente quer que jogue. Mas a cada treino e a cada jogo, isso deve ser um pouco melhor. É um grande jogador e vai dar certo. O Romarinho também é perigoso, não com as mesmas características, mas tem feito um bom papel", compara o zagueiro Paulo André.

Ajude o Corinthians a aumentar sua Torcida Virtual do iG Esporte

Leia tudo sobre: Corinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG