Ex-jogador do Palmeiras chegou com pompa e com status de "solução" ao time espanhol

O lateral direito Cicinho , ex- Palmeiras , foi apresentado nesta sexta-feira como o novo reforço do Sevilla, da Espanha. Diante dos jornalistas, evitou as comparações com o também ala Daniel Alves - atualmente no Barcelona após anos de sucesso pelo time andaluz - ao afirmar que pretende escrever sua própria história no clube espanhol.

Cicinho fará sucesso pelo Sevilla? Opine!

Acompanhado pelo presidente José María del Nido e pelo diretor esportivo Ramón "Monchi" Rodríguez, o ex-palmeirense disse que Daniel Alves "é um grande jogador e está muito bem no Barcelona", mas que ele é o Cicinho e deseja fazer sua própria história no Sevilla.

Cicinho foi apresentado com muita festa em Sevilha
EFE
Cicinho foi apresentado com muita festa em Sevilha

Na coletiva, o lateral direito, que assinou um contrato de quatro temporadas em uma transação de R$ 5 milhões, destacou que o ala moderno deve "defender, mas também atacar", ressaltando que sua "melhor qualidade é a ofensiva". No entanto, as perguntas dos jornalistas giravam apenas em torno do tema marcação, em especifico a do astro Neymar, do Santos.

Confira as últimas notícias sobre futebol espanhol

"Marcar o Neymar é muito complicado porque ele é muito habilidoso e o melhor jogador do Brasil na atualidade e, por isso, parar ele não é fácil. Mas, acho que a marcação em Neymar me fez bem", respondeu o jogador.

Cicinho, que completa 26 anos neste sábado, chega com status de grande reforço ao clube espanhol, que, segundo Monchi, gastou muito dinheiro para manter os jogadores do atual elenco: "O lateral direito já está aqui, e as principais soluções também já estão dentro", insistiu Monchi, que também sublinhou que o mercado está parado devido à crise financeira que afeta a Espanha e os clubes do país.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.