Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Felipão diz que torceu por título do Corinthians e se esquiva sobre renovação

Treinador do Palmeiras elogiou campanha do rival na Libertadores durante o programa Altas Horas

iG São Paulo |

O técnico Luiz Felipe Scolari, do Palmeiras, deixou a rivalidade de lado e revelou nesta quinta-feira que torceu pelo título do Corinthians na Copa Libertadores. Convidado do programa Altas Horas, da TV Globo, o treinador também presenteou o apresentador Serginho Groisman, torcedor corintiano, com uma camisa do seu Palmeiras.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Elogiado por Groisman pela conquista da Copa do Brasil, em meio ao clima amistoso, Felipão retribuiu o elogio. "Nós também torcemos para o Corinthians quando foi campeão. Não tem por que não", afirmou o técnico, durante a gravação.

Leia mais: Palmeiras rebate Simon sobre gol de Obina anulado em 2009

Gazeta Press
Luiz Felipe Scolari disse que irá esperar as eleições no Palmeiras para definir o futuro

A camisa dada a Groisman é o modelo utilizado pela comissão técnica palmeirense. Ao entregá-la para o apresentador, Felipão ainda explicou que o uniforme foi utilizado na conquista invicta da Copa do Brasil. No programa, o técnico relembrou os problemas que enfrentou no Verdão e declarou sua satisfação pela superação no clube.

Veja mais: Palmeiras tem proposta de renovação pronta para Marcos Assunção

"Quando voltei em 2010, não esperava algumas dificuldades vividas até hoje. Mas, se tivesse que voltar e enfrentar tudo novamente para ver o Palmeiras campeão, faria de novo", comentou, arrancando aplausos da plateia.

Apesar da declaração, Felipão se esquivou sobre a possibilidade de renovar seu contrato no Palmeiras. O técnico já afirmou anteriormente que deixará o clube em dezembro, mas faz mistério agora sobre o futuro.

E ainda: Murtosa minimiza ausência de Felipão e admite primeiro tempo ruim

"Não posso afirmar agora, porque o Palmeiras passará por eleições (no início de 2013) e não somos unanimidade. Meu contrato termina e vamos esperar até o fim do ano para as coisas acontecerem normalmente. Vamos ver as eleições e também meu lado se vale a pena ficar. Mas repito que valeu a pena, mesmo com tudo que sofremos, por um título conquistado entre sete ou oito que disputamos", acrescentou o treinador, que posou para fotos com os espectadores durante os intervalos da gravação.

Ajude o time do Palmeiras a subir no ranking da Torcida Virtual

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG