Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Roberto Carlos anuncia aposentadoria e quer jogo de despedida contra o Real

Lateral-esquerdo de 39 anos planeja partida entre seu ex-clube com o Anzhi, da Rússia

iG São Paulo * |

Getty Images
Roberto Carlos em ação pelo Anzhi, seu último clube

O lateral brasileiro Roberto Carlos, que jogou durante os últimos 18 meses no Anzhi, da Rússia, anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria. Aos 39 anos, o jogador se despede dos gramados depois de defender grandes equipes como Real Madrid, Corinthians, Palmeiras e Inter de Milão. Antes de pendurar as chuteiras, Roberto Carlos quer atuar em amistoso vestindo as camisas do seu atual clube e da equipe madrilenha, onde jogou por 11 temporadas (1996 - 2007).

Leia também: Real Madrid pede mais de R$ 60 milhões para liberar Kaká

"Já iniciei as conversas para a disputa da partida (de despedida) entre Real Madrid e Anzhí", afirmou Roberto Carlos em entrevista coletiva nos arredores de Moscou, segundo as agências de notícias russas. O jogador, de 39 anos, acrescentou que gostaria que o jogo fosse disputado em Makhachkala, capital da república do Daguestão, sede do Anzhi.

Roberto Carlos foi campeão da Copa do Mundo com o Brasil em 2002 e da Liga dos Campeões em três ocasiões com o Real Madrid (1998, 2000 e 2002). De Madrid, partiu para Istambul, onde defendeu o Fenerbahce por duas temporadas.

O jogador voltou ao futebol brasileiro em 2010, quando chegou ao Corinthians como o principal reforço para o ano do centenário do clube. No início de 2011, após eliminação precoce corintiana na Libertadores, Roberto Carlos aceitou oferta do Anzhi e deixou o clube paulista sem conquistar títulos.

Considerado um dos melhores laterais esquerdos da história do futebol, o brasileiro já havia pendurado provisoriamente as chuteiras em março. O lateral, que poderia assumir a presidência do clube russo, atuava como assistente do técnico holandês, Guus Hiddink.

"Devemos entender que a carreira de um jogador deve terminar em algum momento. Roberto Carlos inicia uma nova etapa tanto em sua vida, como no clube", declarou Hiddink. O holandês disse ainda que "com seu carisma e autoridade, Roberto Carlos dará uma grande contribuição ao desenvolvimento do clube e do futebol russo". Logo após chegar ao clube russo, Roberto Carlos se tornou o jogador favorito da torcida e foi nomeado capitão do Anzhí, que se classificou pela primera vez para as competições europeias.

*com EFE

Leia tudo sobre: roberto carlosreal madridespanhaaposentadoriaanzhicorinthians

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG