Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

América-MG tropeça no Joinville e perde invencibilidade em casa

Time mineiro ainda não havia sido superado diante de sua torcida, mas caiu diante do rival catarinense

iG Belo Horizonte |

Depois de iniciar o Brasileiro da Série B mostrando força e liderando a competição por algumas rodadas, o América-MG parece perder fôlego na competição nacional. Nesta terça-feira, o time mineiro não conseguiu fazer o dever de casa, e perdeu em pleno Independência para o Joinville por 2 a 0, acabando com a invencibilidade do Coelho em Belo Horizonte.

Leia também: Goiás e ABC ficam no empate no Serra Dourada

Precisando da vitória, o técnico Givanildo Oliveira apostou em uma formação com três atacantes, que sentiram a falta de entrosamento e não conseguiram ajudar o América-MG na partida. Com espaço para trabalhar a bola no segundo tempo, o Joinville chegou ao gol com o atacante Lima, que teve tranquilidade para tocar na saída do goleiro Neneca. Já no finalzinho do jogo, o time catariense ampliou com Jean Carlos.

Na sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG vai visitar os alagoanos do ASA, em jogo marcado para o próximo sábado. Já o Joinville terá compromisso também no sábado, mas recebendo o Criciúma, na Arena Joinville.

Futura Press
Joinville surpreendeu o América-MG diante de sua torcida

O jogo
Atuando em casa e precisando da reabilitação, o América-MG iniciou a partida com uma postura mais agressiva, criando as melhores chances de marcar. Aos oito minutos, o atacante Rodrigo Pimpão pedalou em cima da defesa do Joinville e tentou acertar o canto direito do goleiro Ivan, que se esticou todo para fazer a defesa.

As jogadas pelas laterais com Boiadeiro e Pará foram bastante exploradas. Aos dez minutos, após cruzamento da esquerda, Alessandro apareceu atrás da marcação catarinense e tentou de cabeça, mas a bola foi em cima do arqueiro do Joinville. Acuado no campo de defesa, o time do técnico Leandro Campos procurou atuar nos contra-ataques, ameaçando o Coelho em algumas oportunidades.

Porém, o time mineiro apresentou maior volume de jogo, e apesar de alguns erros de passe continuou atacando mais que os visitantes. Aos 13, Boiadeiro fez jogada individual, cortou para o meio e mandou um petardo da entrada da área, que passou rente à trave esquerda. Aos 19, foi a fez de Gilberto mandar a canhota de longa distância e carimbar o travessão de Ivan, em um bom momento do América-MG.

Após os 20 minutos iniciais, os donos da casa diminuíram o ritmo, permitindo que o Joinville avançasse as linhas de marcação, equilibrando a partida e irritando parte da torcida americana, que chegou a esboçar algumas vaias. No final da primeira etapa, o Coelho voltou a pressionar, mas não conseguiu abrir o marcador.

Sentindo que o momento da equipe mineira não é bom, os catarinenses voltaram para etapa complementar jogando de igual para igual, propiciando uma partida mais aberta. Com dificuldades na saída de bola, os três atacantes do América-MG ficaram isolados em alguns momentos do jogo, forçando que os avantes retornassem até o meio-campo para criar jogadas.

Aos 14, Pimpão pegou rebote da zaga catarinense e tentou dar assistência para Alessandro, mas a defesa do Joinville conseguiu evitar o tento americano. Aos 18, os visitantes desperdiçaram a melhor chance do jogo com Lima, que livre dentro da área mandou sobre o travessão. Um minuto depois, o avante do Joinville se redimiu com um toque cruzado, por baixo do goleiro Neneca, abrindo o placar no Independência.

Errando muitos passes, o América-MG começou a apresentar nervosismo, tentando chegar ao gol de empate mais na base da vontade que na técnica. Aos 48, em jogada de contra-ataque, o Joinville ainda apliou o placar com Jean Carlos, que recebeu passe com açucar de Marcinho e só teve o trabalho de rolar para as redes, para acabar com a invencibilidade dos americanos, atuando em casa.

FICHA TÉCNICA- AMÉRICA-MG 0 X 2 JOINVILLE
Local: Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data: 31 de julho de 2012 (terça-feira)
Horário: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Ricardo Pavanelli Lanutto (SP) e Fabrício Porfírio de Moura (SP)
Cartões amarelos:(América-MG) Dudu, Rodrigo Pimpão (Joinville) Leandro Carvalho, Glaydson, Ivan

Gols:
Joinville: Lima, aos 19 e Jean Carlos, aos 48 minutos do segundo tempo

AMÉRICA-MG: Neneca; Boiadeiro, Vinícius Simon, Gabriel e Pará (Bryan); Dudu, Agenor (Romão) e Gilberto; Rodrigo Pimpão, Alessandro e Fábio Júnior (Sebastián Sciorilli)
Técnico:Givanildo Oliveira

JOINVILLE: Ivan; Eduardo, Pedro Paulo, Maurício e Tarcísio; Leandro Carvalho, Glaydson, Ricardinho e Tiago Real (Wiliam); Lima (Jean Carlos) e Adaílton (Marcinho)
Técnico: Leandro Campos

Leia tudo sobre: GENETAmérica-MGJoinvilleInvecibilidadeSérie B 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG